segunda-feira, 19 de abril de 2021

DEDIM GOUVEIA, CANTOR E SANFONEIRO, MORRE AOS 61 ANOS COM COVID-19, EM FORTALEZA

O cantor de forró e sanfoneiro Dedim Gouveia morreu de Covid-19, aos 61 anos, nesta segunda-feira (19). O forrozeiro estava internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Dr. Carlos Alberto Studart Gomes, no Bairro Messejana, desde o último dia 11 de abril.

Nas redes sociais, artistas do forró como Taty Girl e Toca do Vale lamentam a morte de Dedim Gouveia.

O cantor Batista Lima, que teve uma longa passagem pela banda Limão com Mel se manifestou sobre a morte do sanfoneiro. "Senhor, receba teu filho. O forró está de luto", escreveu ele em uma postagem nas redes sociais. O também sanfoneiro Waldonys cancelou uma apresentação ao vivo nas redes sociais que faria em homenagem aos 80 anos de Roberto Carlos ao saber da morte do amigo. "Eu suspendi nossa live após a informação do falecimento do Dedim Gouveia. Que Deus te receba de braços aberto e desejo conforto a toda a familia", disse.

A última atualização nas redes sociais do forrozeiro, publicada no dia 17 de abril, apontava que o artista tinha "total chance de melhora e recuperação".

Carreira

Dedim Gouveia era natural de Redenção, cidade a 60 km de Fortaleza. Cresceu em Serra da Faísca, distrito de Redenção. Na escola, estudou até o 2º grau. Foi criado pela avó Isabel Moreira, sua grande incentivadora no meio musical, que apostava que ainda veria o neto fazer sucesso na música.

Incorporou o apelido de Dedim como nome artístico após começar a tocar sanfona aos 16 anos. Ao todo, lançou 13 CDs, 5 DVDs, embalando vários hits. Uma de suas últimas composições foi “A Natureza É Linda”, lançada em 2020.

O cantor deixa a mulher, quatro filhos, além de uma multidão de fãs e amigos que fez no meio da música. FONTE: https://g1.globo.com/ce/ceara/noticia/2021/04/19/dedim-gouveia-cantor-e-sanfoneiro-morre-aos-61-anos-com-covid-19-em-fortaleza.ghtml

sexta-feira, 16 de abril de 2021

MORRE HOMEM ATINGIDO POR EXPLOSÃO NA ZONA LESTE DE NATAL

Morreu na tarde desta sexta-feira (16) uma das vítimas atingidas pela explosão que aconteceu em um imóvel no bairro da Rocas, na Zona Leste de Natal, no dia 9 de abril, há exatamente uma semana. Ao todo, seis pessoas foram atingidas, sendo cinco da mesma família.

A morte foi confirmada pela direção do Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, onde o homem de 38 anos estava internado desde o dia do acidente. Ele não teve a identidade revelada pela direção.

O paciente estava no setor de queimados do hospital, que é referência para este tipo de atendimento. Segundo a direção da unidade, ele estava sendo assistido por toda a equipe médica do setor.

Em nota, o Hospital Walfredo Gurgel e a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) lamentaram a morte e prestaram condolências à família. A causa da explosão no imóvel ainda está sendo investigada. Na segunda-feira (12), o Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) começou a perícia para saber o que ocorreu . A suspeita é de que tenha relação com vazamento de gás. FONTE E CONTINUIDADE: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/2021/04/16/morre-homem-atingido-por-explosao-na-zona-leste-de-natal.ghtml

quarta-feira, 14 de abril de 2021

RN TEM 209.415 CASOS CONFIRMADOS E 4.983 MORTES POR COVID-19

Rio Grande do Norte chegou nesta quarta-feira (14) a 209.415 casos confirmados de Covid-19 desde o início da pandemiaA doença vitimou 4.983 pessoas no estado. Os dados estão no boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap). Outros 991 óbitos estão sob investigação.

Atualmente, 710 pessoas estão internadas na rede pública por causa da Covid-19 no RN. Com 355 pacientes, a taxa de ocupação dos leitos críticos (semi-intensivo e UTIs) é de 91% na rede pública. A secretaria retirou do boletim os dados referentes aos hospitais privados.

·         Covid-19: veja a ocupação dos leitos de UTI em Natal

O RN tem ainda 52.838 casos suspeitos e 430.106 descartados de Covid-19. O número de confirmados recuperados se manteve em 150.649, e o de inconclusivos, tratados como "Síndrome Gripal não especificada", está em 131.958.

O boletim também destaca que 456.672 testes de Covid-19 foram realizados no estado até o momento, sendo 247.977 RT-PCR (conhecidos também como Swab) e 208.695 sorológicos.

Números do coronavírus no RN

·         209.415 casos confirmados

·         4.983 mortes

·         52.838 casos suspeitos

·         430.106 casos descartados

·         150.649 confirmados recuperados

 FONTE: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/2021/04/14/rn-tem-209415-casos-confirmados-e-4983-mortes-por-covid-19.ghtml

MAIORIA DO STF ENTENDE QUE CABE AO PLENÁRIO ANALISAR ANULAÇÃO DAS CONDENAÇÕES DE LULA

A maioria do Supremo Tribunal Federal (STF) entendeu nesta quarta-feira (14) que cabe ao plenário da Corte decidir sobre a anulação das condenações impostas ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pela Justiça do Paraná na Lava Jato. Até a última atualização desta reportagem, a sessão não tinha terminado. Havia sete votos favoráveis a essa tese e um contra.

Os ministros votaram na sessão destinada ao julgamento de recursos apresentados pela Procuradoria-Geral da República (PGR) e pela defesa de Lula sobre a decisão individual do ministro Edson Fachin, que anulou as condenações do ex-presidente. Relator dos recursos, o ministro Fachin apresentou somente a primeira parte do voto — sobre a possibilidade de o plenário analisar o tema em vez da Segunda Turma do STF, composta por cinco ministros. “Na minha compreensão, é regular a afetação [envio] ao plenário deste STF”, disse o ministro. Os demais questionamentos feitos pela PGR e pela defesa de Lula ainda devem ser tema do voto de Fachin e avaliados pelos demais ministros na continuidade do julgamento.  FONTE E CONTINUIDADEhttps://agorarn.com.br/ultimas/maioria-do-stf-entende-que-cabe-ao-plenario-analisar-anulacao-das-condenacoes-de-lula/ | Agora RN

sábado, 10 de abril de 2021

ITEP LANÇA EDITAL DE CONCURSO COM 276 VAGAS E SALÁRIOS DE ATÉ R$ 7,4 MIL NO RN

O governo do Rio Grande do Norte divulgou no diário oficial do estado deste sábado (10) o edital do concurso do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), com 276 vagas de nível médio e superior e salários que variam entre R$ 2.807,36 e R$ 7.440. As inscrições serão abertas na próxima segunda-feira (12).  Do total de vagas, são 16 destinadas a pessoas com deficiência. Os cargos oferecidos são de perito criminal (área geral e específica), perito médico legista, perito médico legista na área de psiquiatria, perito odontolegista, assistente técnico forense, agente técnico forense e agente de necropsia, sendo os dois últimos destinados aos profissionais de nível médio e das demais para nível superior.

As vagas podem ser concorridas por profissionais de diversas áreas, tanto das ciências biológicas e da saúde, como das humanas e exatas, incluindo graduados em medicina, medicina veterinária, odontologia, biologia e biomedicina, meio ambiente, engenharia, arquitetura, física, análise sistemas, química, administração, contabilidade, economia, computação, farmácia, serviço social, biblioteconomia, psicologia e direito.

As vagas são distribuídas entre as cidades de Natal, Mossoró, Caicó e Pau dos Ferros. As remunerações partem dos R$ 2.807,36 e podem chegar até R$ 7.440. No decorrer da carreira, o salário de um servidor do Itep-RN pode chegar a R$ 22.382,94 (dependendo da função), conforme o Plano de Cargos, Carreiras e Salário da categoria. Confira o edital aqui.

Inscrições e data da prova

As inscrições serão abertas a partir das 9h de segunda-feira (12) e seguem até o dia 20 de maio no site da AOCP, que é o Instituto contratado para a organização do concurso. Para os cargos de nível médio, a taxa de inscrição será R$ 90; assistente técnico forense, R$ 110; e os demais cargos de nível superior, R$ 130.

As provas objetivas e discursivas estão previstas para o dia 27 de junho de 2021, e serão aplicadas em Natal, mas poderão ser aplicadas, também, em cidades vizinhas, caso o número de inscritos exceda a capacidade de alocação do município. FONTE: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/2021/04/10/itep-lanca-edital-de-concurso-com-276-vagas-e-salarios-de-ate-r-74-mil-no-rn.ghtml

sexta-feira, 9 de abril de 2021

POR 9 A 2, STF DECIDE QUE ESTADOS E MUNICÍPIOS PODEM RESTRINGIR CULTOS E MISSAS NA PANDEMIA

Por 9 votos a 2, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quinta-feira, 8, que estados e municípios podem impor restrições a celebrações religiosas presenciais, como cultos e missas, em templos e igrejas durante a pandemia de Covid-19 — somente os ministros Nunes Marques e Dias Toffoli divergiram. Os ministros julgaram uma ação do PSD. O partido pedia a derrubada de decreto estadual de São Paulo que proibiu cultos e missas presenciais em templos e igrejas. O julgamento foi marcado para esta semana pelo presidente do STF, Luiz Fux, após decisões conflitantes sobre o mesmo tema dos ministros Nunes Marques e Gilmar Mendes. No sábado (3), ao julgar pedido da Associação Nacional dos Juristas Evangélicos (Anajure), o ministro Nunes Marques aceitou o argumento da liberdade religiosa e proibiu que celebrações em templos e igrejas fossem vetadas por estados, municípios e Distrito Federal em razão da pandemia. Na segunda (5), o ministro Gilmar Mendes tomou decisão divergente. Ele rejeitou liminarmente (provisoriamente) a ação do PSD — que pedia a derrubada do decreto estadual que proibiu cultos e missas em São Paulo devido à pandemia — e enviou o caso ao plenário do STF.

OS VOTOS DOS MINISTROS 
Gilmar Mendes – Em seu voto, na sessão de quarta-feira (7), o relator Gilmar Mendes afirmou que o Supremo já assegurou autonomia aos estados e municípios para que tomem medidas de combate ao coronavírus, inclusive restrições a atividades religiosas. O relator afirmou que o país se tornou um “pária internacional” no âmbito da saúde. “Diante desse cenário, faz-se impensável invocar qualquer dever de proteção do Estado que implique a negação à proteção coletiva da saúde”. Segundo o ministro, “ainda que qualquer vocação íntima possa levar à escolha individual de entregar a vida pela sua religião, a Constituição de 88 não parece tutelar um direito fundamental à morte. A essa sutil forma de erodir a normatividade constitucional deve-se mostrar cada vez mais atento este STF, tanto mais se o abuso do direito de ação vier sob as vestes farisaicas, tomando o nome de Deus para se sustentar o direito à morte”.
Nunes Marques – O ministro Nunes Marques apresentou seu voto nesta quinta a favor da liberação dos cultos em todo território nacional, desde que respeitados os protocolos definidos pelo Ministério da Saúde. O ministro sugeriu que os cultos sejam realizados em locais arejados, com uso de álcool em gel e máscaras, além do espaçamento entre os assentos e aferição de temperatura. “Criou-se uma atmosfera de intolerância, na qual não se pode falar do direito das pessoas, que isso é tachado de negacionismo”, afirmou. Para o ministro, mesmo na pandemia, é necessário que alguns setores não fechem totalmente. “Serviço de saúde e alimentação não podem ser fechados evidentemente. Por outro lado, festas e shows podem ser proibidos temporariamente. Há uma vasta zona cinzenta”, disse. “Mesmo as igrejas estando fechadas, nem por isso estará garantida a redução do contágio.”
Alexandre de Moraes – O ministro Alexandre de Moraes acompanhou o relator, Gilmar Mendes, contra a liberação. “O mundo ficou chocado quando morreram 3 mil pessoas nas torres gêmeas. Nós estamos com 4 mil mortos por dia. Me parece que algumas pessoas não conseguem entender o momento gravíssimo dessa pandemia”, afirmou. Segundo o ministro, medidas são temporárias e justificadas, já que, no estado mais rico da federação, o de São Paulo, há pessoas aguardando vagas de internação em UTI. “O Poder Público tem a obrigação constitucional de garantir a liberdade religiosa, mas não pode ser subserviente, não pode ser conivente com dogmas ou preceitos religiosos de uma ou várias fés. Não pode se abaixar aos dogmas, colocando em risco sua própria laicidade e a efetividade dos demais direitos fundamentais, no caso em questão, direito à vida e à saúde”, afirmou. “O Estado não se mete na fé. A fé não se mete no Estado”. Edson Fachin – 
O ministro Edson Fachin destacou que outros tipos de aglomerações foram proibidos e agradeceu os profissionais de saúde que atuam na pandemia. “Não se trata apenas de restrição a reunião em igrejas, mas restrição a todos os locais de aglomeração”. Ele afirmou que inconstitucional é a “omissão” em relação a medidas para impedir mortes. “Inconstitucional não é o decreto que na prática limita-se a reconhecer a gravidade da situação. Inconstitucional é a omissão que não haja de imediato para impedir as mortes evitáveis. Inconstitucional é não promover meios para que as pessoas fiquem em casa, com o respeito ao mínimo existencial. Inconstitucional é recusar as vacinas que teriam evitado o colapso de hoje”, afirmou.
Luís Roberto Barroso –
O ministro Luís Roberto Barroso acompanhou o voto de Gilmar Mendes, contra a liberação de cultos, citando o número de mortos pela Covid. “Nós nos atrasamos em obrigar o uso de máscaras, em fomentar o isolamento e em comprar vacinas e estamos pagando esse atraso com vidas. E em triste ironia, muitos negacionistas já deixaram essa vida em razão da pandemia”, disse. Barroso argumentou que a modernidade e a ciência não levaram ao ocaso das religiões e que a restrição temporária dos templos não fere o núcleo essencial da liberdade religiosa. “Fé e ciência são dimensões diferentes da vida”, disse. “No espaço público, deve vigorar a razão pública.” “Todos podem continuar a ler sua Bíblia em casa”, disse Barroso. “Os gestores locais que vão aferir sobre a imprescindibilidade ou não do direito de culto. Os fiéis também circulam e podem ser vetores de transmissão.
”Dias Toffoli –
O ministro não apresentou justificativa para o voto. Limitou-se a dizer que acompanhava o voto do ministro Nunes Marques.
Rosa Weber – A ministra Rosa Weber acompanhau o relator. Ela afirmou que a “nefasta” consequência do negacionismo “é o prolongamento da via crucis que a nação está a trilhar, com o aumento incontido e devastador do número de vítimas e o indesejável adiamento das condições necessárias para recuperação econômica. Nesse contexto específico é que o decreto em exame instituiu medidas emergenciais de caráter temporário e excepcional”. Segundo ela, escolas também foram fechadas e, diante de evidências científicas, houve sinalização de colapso do sistema de saúde no estado de São Paulo. “Restrições à liberdade individual traduzem imposições do próprio complexo constitucional de direitos, a exigir medidas efetivas a assegurar outros direitos fundamentais, como a saúde e a vida”, considerou. Para Rosa Weber, permitir os cultos “favoreceria a morte, quando deve ser prestigiada e defendida a vida”.
Carmen Lúcia – Com o voto da ministra Cármen Lúcia, ficou formada a maioria contra a liberação de cultos e missas na pandemia. Ela se solidarizou com as vítimas da Covid-19, cientistas e profissionais de saúde, além dos jornalistas, “como função essencial à democracia”. “Sobram dores e faltam soluções administrativas. O Brasil tornou-se um país que preocupa o mundo inteiro, pela transmissibilidade letal desse vírus, de quem como eu já foram acometidos, também na forma branda, essa doença é terrível. Não é algo que se possa subestimar. É uma situação gravíssima, alarmante, aterrorizante e que realmente demanda um comportamento do estado”, disse. Para a ministra, “não se põe em questão a liberdade de crença nem a garantia dos cultos, apenas o exercício temporário dos ritos coletivos, que levam as pessoas a transitar, a se reunir”.
Ricardo Lewandowski – O ministro Ricardo Lewandowski disse que, considerando o número de mortos e infectados, “não há como deixar de optar pela prevalência do direito à vida, à saúde e à segurança sobre a liberdade de culto, de maneira que ela seja pontual e temporariamente limitada, até que nós nos livremos dessa terrível pandemia que assola o país mundo”. Segundo o ministro, as medidas emergenciais estabelecidas pelo estado de São Paulo são de caráter excepcional e temporário. “Nada impede, ademais, penso eu, que os fieis, enquanto perdurarem essas restrições, amparadas em critérios científicos, lancem mão de recursos tecnológicos para exercerem a liberdade de culto.”
FONTE: https://agorarn.com.br/ultimas/por-9-a-2-stf-decide-que-estados-e-municipios-podem-restringir-cultos-e-missas-na-pandemia/ | Agora RN

quarta-feira, 7 de abril de 2021

CRIANÇA DE 12 ANOS ESCREVE CARTA PARA LER NA DESPEDIDA DA MÃE VÍTIMA DE COVID-19 EM NATAL; LEIA

A supervisora ​​financeira Genny Lima perdeu a batalha para a Covid-19 no sábado 2. Ela tinha 50 anos e era casada com o jornalista Gustavo Mariano, assessor de imprensa da secretaria de Estado de Administração Penitenciária. Genny estava internada desde 20 de março, deu entrada na UTI, foi intubada e veio ao óbito 12 dias depois. As informações são do jornalista Rafael Duarte, da Agência Saiba Mais. O marido também testou positivo, permaneceu internado durante 10 dias, mas superior alta sem necessidade de acompanhamento na Unidade de Terapia Intensiva. Logo que os médicos confirmaram a morte de Genny, o filho do casal, Miguel, de apenas 12 anos de idade, escreveu uma cartinha e pediu para que o pai o deixasse ler no momento do sepultamento do corpo da mãe. Mariano autorizou a publicação da carta como uma homenagem e sugeriu como título

“NENHUMA MÃE DE CRIANÇA PODE MORRER” .

ABAIXO, A CARTA

escrita pelo pequeno Miguel, na íntegra:

Nenhuma mãe de criança pode morrer Mamãe, Eu me lembro de cada que eu passei ao seu lado, sempre enfrentando as dificuldades da vida e superando logo em seguida, sem dúvidas você foi a pessoa mais forte que eu já conheci, pois com todos os seus problemas você sempre manteve um sorriso no rosto e cuidou de nós como se fossemos partes de você.

Você era uma mulher muito iluminada, e continua sendo, cada momento com você foi um tesouro para mim, vai ser o maior presente que eu vou carregar para a vida inteira, era você que sempre quando eu acordava encantava meu dia com tudo que fez, me apoiava em momentos ruínas, aliviava o meu estresse e ansiedade, era a flor mais linda do meu jardim, o motivo de eu seguir em frente, meu coração bate por você firmemente, não tinha um dia que eu não dizia que te amava, apesar de todas as possibilidades que eu tivo com a senhora, eu reconheço que você sempre esteve certa em tudo, você é a minha razão, mãe. Eu daria de tudo para ouvir sua voz novamente, poder sentir o conforto de seus braços e admirar o brilho de seus olhos lindos, a gente vai seguir lutando por você, honrando uma pessoa maravilhosa que você é, faremos com que seu esforço aqui não tenha sido em vão.

Eu ainda me lembro dos dias em que eu estive doente e você deixou que eu dormisse com você, sempre me dando carinho e me abençoando com as suas orações, você foi minha heroína mãe, e continua sendo dentro do meu coração, aonde você sempre esteve , vai ser difícil, isso eu tenho certeza, mas todos nós aqui persistindo e louvando por você somos a prova de que sua missão foi concluída, seu brilho não se apagou e sempre continuou conosco. Você é uma jóia inestimável que deus fez questão de nos dar, e agora devolvemos com todo amor e carinho, rezamos para que foi bem recebido.

Você é o meu sol mãe, que me ilumina todas as manhãs, a minha razão de viver, continuarei estudando suas memórias como se fossem minhas e da família, e espero que um dia você possa voltar para mim, para meus braços, aonde nós dois vivemos uma eternidade.

 

Com amor, seu filho Miguel. Você é a Luz dos meus Olhos, Mamãe

 

FONTE: https://agorarn.com.br/ultimas/crianca-de-12-anos-escreve-carta-para-ler-na-despedida-da-mae-vitima-de-covid-19-em-natal-leia/ | Agora RN

AULAS NA REDE PÚBLICA SÓ VOLTAM APÓS RECOMENDAÇÃO DO COMITÊ CIENTÍFICO, DIZ SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO DO RN

Após o Ministério Público do Rio Grande do Norte entrar com uma ação para pedir que a Justiça determine a volta as aulas em formato híbrido - com ensino presencial e à distância - na rede pública de ensino, o secretário estadual de educação, Getúlio Marques Ferreira, afirma que as aulas só devem ser retomadas após recomendação do comitê científico do estado.

As escolas da rede pública estadual e também dos municípios potiguares não têm aulas presenciais desde março de 2020, no início da pandemia da Covid-19.

Getúlio reconheceu que assinou um compromisso com o Ministério Público, em novembro do ano passado, que previa a retomada gradual a partir de março desse ano, mas considerou a previsão para o cenário da pandemia era diferente do que foi encontrado no início deste ano.

Em entrevista nesta quarta-feira (7), ao Bom Dia RN, da Inter TV Cabugi, o secretário afirmou que, de 598 escolas na rede estadual, mais de 550 já estão totalmente preparadas com protocolos, sinalização e materiais e higiene para o retorno. FONTE E CONTINUIDADE: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/2021/04/07/aulas-na-rede-publica-so-voltam-apos-recomendacao-do-comite-cientifico-diz-secretario-de-educacao-do-rn.ghtml

RN REGISTRA 201.737 CASOS CONFIRMADOS E 4.786 MORTES POR COVID-19

Rio Grande do Norte chegou nesta quarta-feira (7) a 201.737 casos confirmados de Covid-19A doença vitimou 4.786 pessoas no estado desde o início da pandemia.

Os dados estão no novo boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap). Outros 934 óbitos estão sob investigação.

Em relação ao boletim de terça-feira (6)são 958 novos casos e 76 mortes a mais - sendo 23 ocorridas e notificadas nas últimas 24 horas, em Natal (6), Guamaré (1), Macaíba (2), Pureza (2), Angicos (1), Caraúbas (1), Santa Cruz (1), Nísia Floresta (1), Itaú (1), Assú (1), Areia Branca (1) e Mossoró (5). FONTE E CONTINUIDADE : https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/2021/04/07/rn-registra-201737-casos-confirmados-e-4786-mortes-por-covid-19.ghtml

segunda-feira, 5 de abril de 2021

LULA ULTRAPASSA BOLSONARO NA CORRIDA PARA 2022, MOSTRA XP-IPESPE

A nova rodada da pesquisa XP-Ipespe sobre a disputa presidencial para 2022 mostra que, a cerca de um ano e meio da eleição presidencial de 2022, o ex-presidente Lula e o presidente Jair Bolsonaro permanecem tecnicamente empatados na liderança, mas agora com o petista numericamente à frente. Ele tem 29% das intenções de voto ante 28% de Bolsonaro. Sergio Moro e Ciro Gomes vêm na sequência, com 9% cada.

No levantamento anterior, Lula tinha 25%, e Bolsonaro, 27%. Nas simulações de segundo turno, Lula também está numericamente à frente de Bolsonaro, com 42% a 38% — na pesquisa do início de março, Bolsonaro tinha 41% e Lula, 40%. Em outros cenários testados, o presidente Bolsonaro aparece empatado com Sergio Moro, ambos com 30%, e com Ciro Gomes, ambos com 38%. Foram realizadas 1.000 entrevistas de abrangência nacional nos dias 29, 30 e 31 de março. A margem de erro máxima é de 3,2 pontos percentuais para o total da amostra. FONTE: https://agorarn.com.br/ultimas/lula-ultrapassa-bolsonaro-na-corrida-para-2022-mostra-xp-ipespe/ | Agora RN

GÁS DE COZINHA TEM MAIS UM AUMENTO E BOTIJÃO PODE CUSTAR ATÉ R$ 100 NO RN, DIZ SINDICATO

O botijão de gás de cozinha vai subir mais uma vez de preço e passará a custar entre R$ 95 e R$ 100 no Rio Grande do Norte. A projeção foi confirmada pelo Sindicato dos Revendedores Autorizados de Gás Liquefeito de Petróleo (Singás-RN). O valor vai sofrer novo reajuste em função do aumento, pela Petrobras, de quase 5% no preço médio de venda do gás liquefeito de petróleo (GLP) para as distribuidoras. Segundo a estatal, o preço passa a ser de R$ 3,21 por quilo, o que é equivalente a R$ 41,68 por 13 quilos. De acordo com o presidente do Singás-RN, Francisco Correia, esse é o quarto aumento apenas em 2021. Ele informou que o preço já vai ser reajustado nesta segunda.

No início de janeiro, a variação do preço era de R$ 85 a R$ 90 no Rio Grande do Norte. O último aumento aconteceu no início de março, levando o preço a até R$ 97. Como comparação, em junho de 2020, o gás custava na casa dos R$ 70 a R$ 76.

A Petrobras disse em nota que o aumento na venda do GLP se dá porque os preços praticados "têm como referência os preços de paridade de importação e, dessa maneira, acompanham as variações do valor do produto no mercado internacional e da taxa de câmbio, para cima e para baixo".

A estatal também pontou que o "alinhamento dos preços ao mercado internacional é fundamental para garantir que o mercado brasileiro siga sendo suprido sem riscos de desabastecimento".

No mês passado, o presidente Jair Bolsonaro editou um decreto no qual zerou as alíquotas de PIS e Cofins que incidem sobre óleo diesel e gás de cozinha com o objetivo de conter o avanço do preço dos combustíveis.

Apesar das medidas, as distribuidoras de gás alertaram que não estavam conseguindo repassar para as revendedoras a isenção de tributo concedia pelo governo federal para o botijão de até 13 quilos.

Segundo a Associação Brasileira de Entidades de Classe das Revendas de Gás LP (Abragas), o repasse da isenção não estava ocorrendo porque, ao emitir a nota fiscal, a Petrobras não sabia qual volume de gás será envasado – o benefício fiscal vale apenas para o botijão de até 13 quilos. FONTE: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/2021/04/05/gas-de-cozinha-tem-mais-um-aumento-e-botijao-pode-custar-ate-r-100-no-rn-diz-sindicato.ghtml

sábado, 3 de abril de 2021

FAMOSOS PEDEM FORÇA, AXÉ E CURA APÓS PIORA DO QUADRO DE SAÚDE DE PAULO GUSTAVO; ATOR ESTÁ INTERNADO COM COVID

O ator Paulo Gustavo está internado desde o dia 13 de março e, nesta sexta-feira (2), apresentou uma piora no estado de saúde devido à Covid-19. Nas redes sociais, famosos prestaram homenagens e pediram orações, axé, força e a cura da doença.

Mais cedo, neste sábado (3), o marido do ator, Thales Bretas, escreveu que está poupando energias e "vivendo dias difíceis".

"E sempre com muita fé, muito pensamento positivo pra ter o amor da minha vida ao meu lado novamente. Peço desculpas pela ausência, pelos pacientes que aguardam meu retorno, e até pelos amigos que não tenho conseguido responder. Espero que entendam e continuem torcendo e rezando fervorosamente pela recuperação dele e de todos que sofrem com essa infecção tão sorrateira." FONTE: https://g1.globo.com/pop-arte/noticia/2021/04/03/famosos-pedem-forca-axe-e-cura-para-paulo-gustavo-ator-esta-internado-com-covid-e-apresentou-piora.ghtml

RN CORRE RISCO DE TER NOVA VARIANTE DO CORONAVÍRUS COM ORIGEM LOCAL

 O Rio Grande do Norte corre risco de ter uma nova variante do coronavírus com origem local em breve. Ao longo dos últimos meses, o Sars-CoV-2 tem passado por mutações consideradas naturais por cientistas. O problema é que as novas cepas são mais transmissíveis e letais, ou seja, se espalham rapidamente e causam casos mais graves de Covid-19. O gigantesco número de novos casos diários no Brasil denota um descontrole da pandemia e aponta que, quanto mais o vírus circula e se replica dentro de seres humanos, maior a chance de acumular mutações e gerar novas versões. Mundialmente, já foram detectadas quase mil variantes do coronavírus — uma média de 60 a 100 circulam no Brasil. Há algumas variantes/ linhagens que surgiram no País e chamam a atenção: B.1.1.29; B.1.1.28; B.1.1.33; P.1 (derivada da B.1.1.28 e conhecida como a variante de Manaus); e P.2 (derivada da B.1.1.28 e conhecida como a variante do Rio de Janeiro).

Mais recentemente, foi identificada a variante N9, encontrada originalmente em São Paulo e derivada da linhagem B.1.1.33. No fim de março, uma nova variante do coronavírus foi identificada em Sorocaba (SP). Conforme o presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas, a variante é parecida com a da África do Sul, mas, como a paciente infectada não tem histórico de viagem, não está descartada a hipótese de que seja uma nova variante, ou seja, uma evolução das que já existem. Além dessas, há outras duas registradas: a do Reino Unido (B.1.1.7) e a da África do Sul (B.1.351). No Rio Grande do Norte, atualmente, existem quatro variantes do coronavírus em circulação, segundo o virologista, professor da UFRN e membro do comitê científico que assessora do Governo do Estado, Josélio Araújo. No dia 20 de fevereiro, o Rio Grande do Norte entrou em fase de alerta quando foi identificada a circulação das variantes P.1 e P.2. Ao Agora RN, o especialista confirmou que a frequência maior das variantes identificadas em pacientes potiguares foi a da P.2 (47%), seguida pela P.1 (35%), B.1.1.29 (12%) e B.1.1.33 (6%). Para o professor, há chances de surgimento de uma nova variante do coronavírus no Estado. Segundo ele, a falta de medidas que diminuam a circulação de pessoas e o atraso na vacinação podem gerar linhagens mais perigosas. “Com o tempo, algumas variantes serão extintas e novas serão introduzidas”, apontou. Josélio Araújo acredita que apenas a ampla cobertura vacinal pode evitar o surgimento local de uma nova variante do coronavírus. No entanto, a vacinação no Brasil segue um ritmo lento quando comparado a outros países. Como o fornecimento de vacinas é feito pelo Governo Federal, a campanha de imunização continua vagarosa também no RN. Até esta quinta-feira 1º, o estado tinha 306 mil pessoas vacinadas, dentro de uma população total de 3,5 milhões. FONTE: https://agorarn.com.br/ultimas/rn-corre-risco-de-ter-nova-variante-do-coronavirus-com-origem-local/ | Agora RN

quinta-feira, 1 de abril de 2021

BOMBEIROS ENCONTRAM CORPO DE MENINO DE 6 ANOS QUE DESAPARECEU EM RIO NA GRANDE NATAL

Bombeiros encontraram no início da tarde desta quinta-feira (1) o corpo de um menino de 6 anos de idade que havia desaparecido às margens do Rio Pium, no município de Parnamirim, na Grande Natal.

Marcos Guilherme da Mata Nascimento desapareceu na terça-feira (30). O Corpo de Bombeiros iniciou as buscas pela criança no mesmo dia, mas não teve êxito, e retornou às atividades na quarta e nesta quinta pela manhã. O corpo foi encontrado por volta das 13h40.

"Terça e quarta-feira foram buscas submersas com mergulhadores. E hoje (quinta) as buscas se iniciaram com observação nas margens e adentrando o rio com embarcação de alumínio, fazendo uma limpeza de todos os galhos e folhas que tinham por aproximadamente 100 metros, que bloqueavam a passagem do rio", explicou o major Roberto Oliveira, do Grupamento de Busca e Salvamento, que comandou a operação. "Nós deduzimos que o corpo dele estava nesse local. Após a limpeza desse trecho, no meio do mato, nós constatamos a presença do corpo".

A mãe, Michele Almeida da Mata, reconheceu o corpo pelas roupas: uma camisa cinza e um calção azul. Ela disse que não teve coragem de olhar para o rosto do filho.

Ele era o caçula de três filhos. Na própria terça-feira, momentos depois do desaparecimento, familiares encontraram as sandálias do jovem à beira do rio, o que aumentou as suspeitas de que ele poderia ter entrado na água. A criança não sabia nadar.

A comunidade também chegou a fazer buscas por conta própria e protestou para chamar a atenção das autoridades pelo desaparecimento da criança.

Para o resgate, os bombeiros fizeram as buscas na água, e também utilizaram a tecnologia RPAS - que faz uso de drones - para monitorar o perímetro do rio, a fim de coordenar melhor as ações. FONTE E CONTINUIDADE: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/2021/04/01/bombeiros-encontram-corpo-de-menino-de-6-anos-que-desapareceu-em-rio-na-grande-natal.ghtml

VEJA O QUE PODE FUNCIONAR APÓS O TOQUE DE RECOLHER QUE COMEÇA SEGUNDA-FEIRA 5 NO RIO GRANDE DO NORTE

A partir de segunda-feira 5 até o dia 16 de abril fica restabelecido o toque de recolher, consistente na proibição de circulação de pessoas em todo o Rio Grande do Norte, de acordo com o decreto publicado em edição extra do Diário Oficial do Estado publicado nesta quinta-feira 1º. A medida vale em todos os dias da semana das 20h às 6h da manhã do dia seguinte, exceto domingos e feriados, quando a ação funciona por tempo integral. Segundo o documento, o toque de recolher visa a diminuição do fluxo de pessoas em ruas e espaços públicos, reduzindo, assim, os riscos de aglomerações. O decreto destaca que em qualquer horário de incidência do toque de recolher, os estabelecimentos comerciais de qualquer natureza e prestadores de serviço poderão funcionar exclusivamente por sistema de entrega (delivery), drive-thru e take away. Além disso, os estabelecimentos de alimentação (bares, restaurantes e similares) poderão funcionar por 90 (noventa) minutos exclusivamente para encerramento de suas atividades presenciais, sendo vedado o atendimento de novos clientes. O documento aplicam-se também aos restaurantes localizados no interior de hotéis e pousadas as mesmas regras dos demais estabelecimentos do ramo de alimentação, observado, durante a incidência do toque de recolher, a vedação do acesso a não hóspedes e a consumação restrita à unidade hoteleira (quarto ou apartamento). O texto diz que é permitido o deslocamento durante a vigência do toque de recolher,

seja mediante serviço de transporte de passageiros ou veículo próprio, restritamente em situações de emergência, para o deslocamento entre o local de trabalho e o domicílio residencial e nos casos dos serviços considerados essenciais. Entretanto, o decreto especifica que artigo não abrange o deslocamento de passageiros para programações turísticas durante o toque de recolher, sejam aquelas realizadas pelas empresas do setor de turismo ou pelos serviços de transporte de passageiro, inclusive por aplicativo. As forças de segurança do estado potiguar promoverão, segundo o Governo Estadual, operações constantes para garantir a aplicação das medidas dispostas neste Decreto, bem como assegurar o distanciamento social e coibir aglomerações, sem prejuízo das ações complementares de fiscalização e planejamento a serem realizadas pelos municípios. Confira as atividades as quais não se aplicam as medidas de toque de recolher: I – serviços públicos essenciais; II – serviços relacionados à saúde, incluídos os serviços médicos, hospitalares, atividades de podologia, entre outros; III – farmácias, drogarias e similares, bem como lojas de artigos médicos e ortopédicos; IV – supermercados, mercados, padarias, feiras livres e demais estabelecimentos voltados ao abastecimento alimentar, vedada a consumação no local no período do toque de recolher; V – atividades de segurança privada; VI – serviços funerários; VII – petshops, hospitais e clínicas veterinária; VIII – serviços de imprensa e veiculação de informação jornalística; IX – atividades de representação judicial e extrajudicial, bem como assessoria e consultoria jurídicas e contábeis e demais serviços de representação de classe; X – correios, serviços de entregas e transportadoras; XI – oficinas, serviços de locação e lojas de autopeças referentes a veículos automotores e máquinas; XII – oficinas, serviços de locação e lojas de suprimentos agrícolas; XIII – oficinas e serviços de manutenção de bens pessoais e domésticos, incluindo eletrônicos; XIV – serviços de locação de máquinas, equipamentos e bens eletrônicos e eletrodomésticos; XV – lojas de material de construção, bem como serviços de locação de máquinas e equipamentos para construção; XVI – postos de combustíveis e distribuição de gás; XVII – hotéis, flats, pousadas e acomodações similares; XVIII – atividades de agências de emprego e de trabalho temporário; XIX – lavanderias; XX – atividades financeiras e de seguros; XXI – imobiliárias com serviços de vendas e/ou locação de imóveis; XXII – atividades de construção civil; XXIII – serviços de telecomunicações e de internet, tecnologia da informação e de processamento de dados; XXIV – prevenção, controle e erradicação de pragas dos vegetais e de doenças dos animais; XXV – atividades industriais; XXVI – serviços de manutenção em prédios comerciais, residenciais ou industriais, incluindo elevadores, refrigeração e demais equipamentos; XXVII – serviços de transporte de passageiros; XXVIII – serviços de suporte portuário, aeroportuário e rodoviário; XXIX – cadeia de abastecimento e logística.FONTEhttps://agorarn.com.br/ultimas/veja-o-que-pode-funcionar-apos-o-toque-de-recolher-que-comeca-segunda-feira-5-no-rn/ | Agora RN