sexta-feira, 5 de fevereiro de 2021

Após fim do auxílio, poupança amarga pior resultado da história

Após fechar 2020 com o volume recorde de aplicações, a caderneta de poupança amargou saques maiores do que depósitos em R$ 18,15 bilhões no mês de janeiro, segundo dados divulgados nesta quinta-feira (4), pelo BC (Banco Central).


Trata-se do pior resultado mensal da história da aplicação.  A captação líquida do mês passado foi fruto de R$ 245 bilhões depositados e R$ 263 bilhões retirados da aplicação. Até então, o pior desempenho do indicador coletado desde 1995 havia sido registrado em janeiro do ano passado, quando a captação líquida da caderneta ficou negativa em R$ 12,36 bilhões. Já tradicional em meses de janeiro, quando os trabalhadores retiram os recursos do 13º para arcar com as despesas de início de ano, o resultado negativo foi impulsionado pelo fim do auxílio emergencial, que eram disponibiliza diretamente na caderneta dos beneficiários. A última vez que a caderneta fechou um mês no azul foi em 2014, quando a aplicações superaram as retiradas em R$ 1.74 bilhões. FONTE : https://noticias.r7.com/economia/apos-fim-do-auxilio-poupanca-amarga-pior-resultado-da-historia-04022021?_gl=1*6dep26*_ga*YW1wLVhSVkRmVmZaam5zUFNRN29RaWphclE.

Nenhum comentário: