terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

SAÚDE: CRISE DE ANSIEDADE OU INFARTO: SAIBA DIFERENCIAR OS SINTOMAS E PREVINA-SE

Dor no peito, suor, náuseas e aquela dúvida: é um infarto ou uma crise de pânico? Independentemente do que for, fica a orientação de procurar socorro o quanto antes. Caso seja algum problema cardíaco, o tempo é precioso.
— Infarto é parecido com incêndio: o tempo para apagar é determinante para a destruição — compara o chefe do Serviço de Cardiologia do Hospital São Lucas da PUCRS, Paulo Caramori.
Transtornos relacionados à ansiedade, como as crises de pânico, não oferecem risco iminente de morte, mas devem ser reconhecidos, diagnosticados e tratados.
ZH consultou especialistas para diferenciar os sintomas e facilitar o tratamento. Veja.

Crise de pânico
Para caracterizar uma crise de pânico, que é um transtorno de ansiedade, é preciso ter quatro ou mais sintomas da lista abaixo:
— Palpitação
— Suor
— Tremor
— Falta de ar
— Sensação de sufocamento
— Dor no peito
— Sensação de irrealidade
— Náuseas
— Tontura
— Calorão ou calafrios
— Adormecimento
— Medo de ficar louco
— Medo de morrer
Infarto
Veja as características dos principais sintomas dessa emergência, uma das principais causas de morte no Brasil:
— Dor opressiva de difícil localização.
— Sensação de aperto, peso ou ardência na região no tórax, que pode ir da boca do estômago até o queixo.
— Dor em qualquer lado do peito, não somente no esquerdo.
— Pode causar sensação de estômago embrulhado, como se necessitasse arrotar.
— Dor progressiva, ou seja, aumenta com o passar dos minutos.
— Dor que pode irradiar para o antebraço, em direção à mão. Neste caso, é mais comum que ocorra do lado esquerdo, mas pode ocorrer no direito também.
— Suor frio.
— Pode provocar náuseas, vômitos e falta de ar.
Atenção
— Um transtorno psicológico traz consigo sintomas cognitivos como sensações de irrealidade ou medo de enlouquecer. No entanto, como a ansiedade é um mecanismo de defesa do organismo para “lutar” contra uma situação de perigo, um infarto pode, também, ocasionar uma crise de ansiedade.
— Para confirmar um quadro de infarto, é necessário realizar exames como eletrocardiograma.
— Sempre procure uma emergência médica diante de qualquer um dos sintomas citados.
— Embora seja um pouco mais frequente em homens, mulheres também sofrem infartos, portanto, não negligencie nenhum sintoma.  FONTE: ZERO HORA

Nenhum comentário: