quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

GOVERNO MANDA REFORMAR 21 MATERNIDADES FILANTRÓPICAS NO RN


O secretário de Estado da Saúde Pública, Ricardo Lagreca, autorizou na tarde de hoje (20), após reunião com a Unidade Executora Setorial (UES/Sesap), a execução das obras de reformas e adequações de 21 maternidades filantrópicas, municipais e estaduais nas oito regiões de saúde do estado, que foram contempladas com recursos advindos do Projeto RN Sustentável.
Segundo a gerente do projeto na Sesap, Ana Beatriz Petta, as obras já estavam aptas a serem realizadas, mas precisavam do aval do novo gestor da Saúde estadual. Após ouvir a explanação de todo o projeto, o secretário anunciou que a previsão para início das obras é para os próximos 40 dias.
As 21 maternidades que receberão as obras são divididas regionalmente, sendo escolhidas de acordo com os indicadores materno-infantis no estado, bem como na observação dos vazios existentes na rede maternidade infantil no estado.
A UES do Projeto RN Sustentável já está elaborando um cronograma para apresentação total das ações previstas no Projeto RN Sustentável no setor de Saúde e seus investimentos previstos.
A relação dos municípios, cujas maternidades (filantrópicas, municipais e estaduais) foram contempladas é a seguinte: Macau (02), Natal, Caraúbas, Almino Afonso,  Pau dos Ferros,  Lajes, Santana do Matos,   , Assú, São Gonçalo do Amarante, Ceará-Mirim, João Câmara, São José de Mipibu, Goianinha, Santo Antônio, São Paulo do Potengi, Jucurutu, Caicó, Parelhas e Currais Novos.
Ano passado, a Sesap, em parceria com o Banco Mundial, realizou importantes ações de planejamento estratégico de políticas públicas para a área de saúde, dentro do Projeto RN Sustentável, que estão contribuindo para uma assistência mais humanizada e diminuição das desigualdades socioeconômicas no Rio Grande do Norte.
Dentre essas ações, destacam-se a ampliação e melhoria da qualidade dos serviços e o fortalecimento das redes de atenção Materno-infantil, Urgência e Emergência e Rede de Atenção às Doenças Crônicas, com prioridade ao diagnóstico precoce do câncer de mama e colo do útero.
Outras ações do RN Sustentável estão em andamento, como a estruturação do Hospital Materno Infantil de Mossoró, obedecendo as diretrizes da Rede Cegonha. O hospital terá 130 leitos (distribuídos entre Centro de Parto Normal, Casa da Gestante, Bebê e Puérpera e Pronto-Atendimento), banco de leite e outras benfeitorias.
Os investimentos incluem estruturação tecnológica de hospitais e maternidades do estado para habilitação de 35 leitos de UTI Neonatal; implantação de protocolos assistenciais em 40 maternidades do estado e a qualificação de 1.500 profissionais médicos e enfermeiros da área de atenção primária em assistência pré-natal.                                                                                FONTE: JORNAL DE FATO

Nenhum comentário: