sexta-feira, 28 de fevereiro de 2020

PROFESSORES DA REDE ESTADUAL COBRAM NOVO PISO E AMEAÇAM ENTRAR EM GREVE

Professores da rede estadual de ensino farão uma assembleia na manhã desta sexta-feira (28) que poderá resultar na aprovação de um indicativo de greve da categoria no Rio Grande do Norte. O encontro acontecerá na Escola Estadual Winston Churchill, na Cidade Alta, em Natal, a partir das 8h30.

Os educadores cobram do Estado o pagamento do novo piso salarial do magistério, definido pelo governo federal em janeiro e que precisa ser cumprido pelos governos estaduais e prefeituras de todo o País. O reajuste anunciado pelo presidente Jair Bolsonaro foi de 12,84%.
Com o aumento, o piso nacional do magistério saiu de R$ 2.557,74 para R$ 2.888,24, para uma jornada de 40 horas semanais. O Rio Grande do Norte paga atualmente R$ 2.686,25 para um professor com licenciatura em início de carreira para uma jornada de 30 horas, isto é, acima do antigo piso nacional.
Em assembleia na semana passada, os professores rejeitaram uma proposta de pagamento escalonado apresentada pelo governo. A gestão estadual sugeriu dar um aumento de 4,28% em maio deste ano, mais 4,28% em janeiro do ano que vem e outros 4,28% em abril de 2021, sem proposta para quitar o retroativo a janeiro de 2020.
De acordo com o professor José Teixeira, coordenador geral do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do RN (Sinte), a proposta não agrada. Ele disse que a categoria espera o pagamento imediato do reajuste ou pelo menos uma proposta para aplicação do novo piso salarial até o fim de 2020Fonte : https://agorarn.com.br/chamada/professores-da-rede-estadual-cobram-novo-piso-e-ameacam-entrar-em-greve

Nenhum comentário: