sexta-feira, 20 de dezembro de 2019

SINAL FECHADO: MPF ACUSA JOSÉ AGRIPINO E ROSALBA CIARLINI DE RECEBER R$ 1 MILHÃO EM PROPINA

O ex-senador José Agripino Maia e a ex-governadora e atual prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini, além do marido dela, Carlos Augusto Rosado, estão sendo acusados pelo Ministério Público Federal de receber mais de R$ 1 milhão em propina. O dinheiro seria para manter contrato de inspeção veicular ambiental com o Departamento de Trânsito do Rio Grande do Norte (Detran), obtido irregularmente por uma licitação fraudada em 2010. O esquema foi alvo de investigação da operação Sinal Fechado.

Em nota, Rosalba se disse "indignada e ofendida" com a ação, e afirmou que o Supremo Tribunal Federal já rejeitou, em outra oportunidade, uma ação contra ela "pelos mesmos fatos". A ex-governadora alegou também que, quando à frente do Poder Executivo, determinou a suspensão do contrato para o serviço de inspeção. A assessoria de José Agripino Maia enviou nota em que argumentou que a acusação é " feita por um delator em busca de seus interesses" e que, por isso, é "frágil". O comunicado também afirmou que o ex-senador confia que "a verdade dos fatos será esclarecida", e que está à disposição da Justiça. De acordo com o MPF, que ingressou com uma ação de improbidade administrativa contra Agripino, Rosalba e Carlos Augusto, o dinheiro foi utilizado como “caixa dois” na campanha de reeleição do ex-parlamentar e de eleição da ex-governadora. FONTE COM MAIS DETALHES : https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/2019/12/19/sinal-fechado-mpf-acusa-jose-agripino-e-rosalba-ciarlini-de-receber-r-1-milhao-em-propina.ghtml

Nenhum comentário: