sábado, 14 de dezembro de 2019

MAIORIA DOS FEMINICÍDIOS NO RN FOI DENTRO DE CASA E POR ARMAS DE FOGO

A maioria dos feminicídios no Rio Grande do Norte aconteceu dentro de casa e teve a arma de fogo como principal instrumento causador. É o que aponta estudo feito pelo Observatório da Violência do RN (Obvio), na edição especial lançada nesta semana da revista Obvium. O título da publicação foi: “Mortes Matadas de Mulheres”.    Nos últimos cinco anos, pelo menos 542 mulheres foram mortas no estado, seja por armas de fogo, armas brancas ou outros meios.Os casos mais      recentes foram registrados nesta quinta-feira, 12, em Mossoró, e na manhã desta sexta, 13, em Caraúbas, ambas cidades do Oeste potiguar.
 Em Mossoró, a vítima foi Ivonice Laurinda, de 34 anos. Já em Caraúbas, foi assassinada Manuela Xavier da Silva, de 31 anos.
No tocante às mortes dentro de casa, no período entre 2015 e 2019, foram 141 femicídios registrados. O que equivale a 26% de todos os crimes de assassinato de mulheres. Só este ano, dentro de suas próprias residências, foram 35 mortes.
As mulheres solteiras são as que lideram o índice de feminicídios. No total, 86% tinham este estado civil. Apenas 13% eram casadas e 1% viúvas, divorciadas e/ou outras.
Outro ponto de destaque na edição da revista é o índice de mulheres pardas e negras assassinadas no RN, que correspondem à 75,13% do valor total. Ao todo, foram 405 crimes de mortes contra mulheres destas etnias.   Junior Lins / Agora RN
FONTE:  http://agorarn.com.br/policia/maioria-dos-feminicidios-no-rn-foram-por-armas-de-fogo-e-acontecem-dentro-da-casa-das-vitimas

Nenhum comentário: