quarta-feira, 5 de junho de 2019

MACACO BUGIO É SALVO DE CORRENTEZA EM PRAIA DO RN; 'ACHAMOS QUE ERA UM CACHORRO', DIZ PESCADOR

Um macaco da espécie bugio (Alouatta) foi encontrado por pescadores no mar de Barra de Cunhaú, no município de Canguaretama, litoral Sul potiguar. O caso aconteceu na última segunda-feira (3). Resgatado, o animal foi liberado em uma área de mata da região.

Segundo o secretário de Turismo do município, Múcio Filho, que era um dos pescadores, o grupo já estava no mar quando viu o animal nadando. "Primeiro a gente achou que era um cachorro", lembra. "Parece história de pescador, mas temos o vídeo https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/2019/06/04/macaco-bugio-e-salvo-de-correnteza-em-praia-do-rn-achamos-que-era-um-cachorro-diz-pescador.ghtml para provar", brinca.
Ele acredita que o animal pode ter caído na água ao pular de um galho para o outro, na mata da Estrela, que fica na região, e acabou sendo arrastado pela correnteza. Inicialmente, os pescadores tentaram pegar o macaco, mas não conseguiram, e ficaram aliviados ao vê-lo subindo em pedras próximas da praia. No entanto, ele voltou a cair no mar. Foi quando um dos homens mergulhou e pegou o animal.

O macaco ficou na jangada com, o grupo, até o fim da pescaria, que terminou com o saldo de 20 robalos e uma percada branca capturados.
O macaco foi entregue às autoridades e foi solto na Mata do Angelim, localizada na mesma região. Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/2019/06/04/macaco-bugio-e-salvo-de-correnteza-em-praia-do-rn-achamos-que-era-um-cachorro-diz-pescador.ghtml

Nenhum comentário: