quinta-feira, 27 de dezembro de 2018

AGENTES E ESCRIVÃES RECUSAM PROPOSTA DO GOVERNO E PARALISAÇÃO DA POLÍCIA CIVIL DO RN CONTINUA POR TEMPO INDETERMINADO

Policiais civis do Rio Grande do Norte vão continuar paralisados. A decisão foi tomada em assembleia, no final da manhã desta quinta-feira (27), após a categoria avaliar e rejeitar a proposta apresentada mais cedo pelo governo, que é a de pagar o 13º salário de 2017 apenas para os policiais da ativa.

Agentes e escrivães estão parados desde a manhã da quarta (26) em protesto contra os salários atrasados. Estão em aberto o 13º salário de 2017 de todos os servidores públicos que ganham acima de R$ 5 mil, o que inclui a maior dos agentes da segurança pública. Além disso, o governo ainda não divulgou quando vai pagar os salários de dezembro nem o 13º deste ano.
“O governo quer pagar o 13º de 2017 apenas para os servidores da ativa, deixando de fora os aposentados e pensionistas. Sem falar que a proposta apresentada não menciona nada sobre o 13º deste ano nem fala do salário de dezembro”, explicou Nilton Arruda, presidente do Sindicato dos Policiais Civis do RN.
“Colocamos a proposta em votação e a categoria não aceitou o acordo. A paralisação vai continuar, e está ainda mais fortalecida”, acrescentou o presidente do Sinpol. FONTE: HTTPS://G1.GLOBO.COM/RN/RIO-GRANDE-DO-NORTE/NOTICIA/2018/12/27/GOVERNO-DO-RN-SE-REUNE-COM-SINDICATO-PARA-TENTAR-ACABAR-COM-PARALISACAO-DA-POLICIA-CIVIL.GHTM

Nenhum comentário: