sábado, 5 de maio de 2018

CORPO RETIRADO DE ESCOMBROS DE PRÉDIO É DO HOMEM QUE QUASE FOI RESGATADO

O Instituto Médico Legal (IML) de São Paulo concluiu nesta sexta-feira os exames para reconhecimento do corpo encontrado pelo Corpo de Bombeiros nos escombros do edifício Wilton Paes de Almeida, no Largo do Paissandu, Centro da capital paulista, que pegou fogo e desabou na madrugada de terça-feira (1).
Por meio das digitais, os peritos identificaram a vítima como 
Ricardo Oliveira Galvão Pinheiro, de 39 anos, o homem que estava sendo resgatado do prédio em chamas quando o imóvel veio a baixo.

Mais cedo nesta sexta, após retirarem o corpo do local, os Bombeiros informaram que os indícios davam conta de que poderia ser Ricardo Pinheiro. “A vítima em óbito foi retirada do local e já foi levada ao Instituto de Criminalística, era um homem com diversas tatuagens no corpo e foi localizado com o cinto de segurança utilizado durante a tentativa de salvamento”, informou o Corpo de Bombeiros em sua conta no Twitter. Pinheiro era conhecido entre os moradores do imóvel invadido como “Tatuagem”. FONTE: HTTPS://VEJA.ABRIL.COM.BR/BRASIL/CORPO-RETIRADO-DE-ESCOMBROS-DE-PREDIO-E-DO-HOMEM-QUE-QUASE-FOI-RESGATADO

Nenhum comentário: