quarta-feira, 18 de outubro de 2017

FOTÓGRAFO POTIGUAR PREPARA EXPOSIÇÃO SOBRE COTIDIANO E BELEZAS DE MACAU, RN

A vida cotidiana e o trabalho em meio às belezas naturais de Macau, cidade da Costa Branca do Rio Grande do Norte, são o alvo do olhar do jovem fotógrafo potiguar João Oliveira, de 21 anos, que vai realizar a primeira exposição do seu trabalho documental no próximo mês de novembro.

O projeto "Macau: Sal e Mangue" está em curso e ainda terá duas expedições do fotógrafo ao município, escolhido devido às suas raízes familiares. A expectativa de João Oliveira é concluir o trabalho no primeiro semestre de 2018 e publicar um livro fotográfico.
"O objetivo documentar os elementos sociais, as características culturais e as principais atividades econômicas que estruturam a cidade", explica o fotógrafo. A cidade é conhecida pela indústria salineira e petrolífera e conta com outras .
A primeira exposição, marcada para o próximo mês, vai contar com fotos da primeira expedição, realizada no final de 2015. "Durante esse período, pudemos conhecer lugares intocados, histórias fabulosas e viver o excepcional.
 Sempre na busca pelo melhor registro, pegamos estradas de barro, subi em barcos e botes, além de entrar no mangue e enfrentar outras situações inusitadas. Sem hesitar, posso dizer que foi uma experiência fantástica; uma das primeiras imersões em um projeto tão grandioso", diz o fotógrafo.
João Oliveira é estudante de Direito e começou a fotografar aos 16 anos, de forma amadora, até tomar gosto pela arte e se tornar profissional, há cerca de três anos. Foi então que começou a estudar referências da fotografia brasileira e desenvolver documentários fotográficos. Ele considera esse o maior, até hoje.
O último trabalho do fotógrafo, foi um documentário sobre os vendedores ambulantes e camelôs do bairro Alecrim, na Zona Leste da capital. FONTE: G1RN  (FOTOS: JOÃO OLIVEIRA)

Nenhum comentário: