sexta-feira, 28 de abril de 2017

POPULAÇÃO PROTESTA CONTRA REFORMAS TRABALHISTA E DA PREVIDÊNCIA EM NATAL

Em Natal, manifestantes se concentram em frente ao Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) para protestar contra as reformas trabalhista e da Previdência - projetos que estão em discussão no Congresso Nacional – na tarde desta sexta-feira (28). Por volta das 15h, a pista da Avenida Salgado Filho no sentido Centro já estava tomada pelos manifestantes.



O protesto foi convocado por várias entidades sindicais. Até a publicação desta matéria, a Polícia Militar não divulgou estimativa de participantes. Os organizadores dizem que são cerca de 43 mil pessoas no protesto.
Às 16h, os manifestantes saíram em caminhada em direção à Zona Leste. “É extremamente importante a gente unificar trabalhadores, estudantes, juventude, todo mundo que está sendo atacado com essa retirada de direitos. A gente sabe que essas reformas são pra colocar a crise econômica na conta dos trabalhadores. Hoje é um dia de luta”, disse a estudante Aretha Melo, de 24 anos, que participa da manifestação.
Protestos começaram cedo
O dia de manifestações começou tenso no Rio Grande do Norte. Nas rodovias federais que cortam o estado, manifestantes bloquearam o tráfego de veículos em sete pontos. Em um deles, na rotatória entre as BRs 406 e 101 Norte, que liga Natal aos municípios de Extremoz e Ceará-Mirim, na região metropolitana da capital, um advogado foi baleado. Por volta das 12h30, todos os trechos obstruídos já haviam sido liberados.
Por volta das 12h30, todos os trechos obstruídos já haviam sido liberados. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, cerca de 700 pessoas participaram dos protestos nas rodovias. Os organizadores dos atos não estimaram número de manifestantes. FONTE: G1DORN

Nenhum comentário: