quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

JOSÉ SERRA PEDE EXONERAÇÃO DO MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES POR MOTIVOS DE SAÚDE

O ministro José Serra pediu exoneração do Ministério das Relações Exteriores na noite desta quarta-feira. Em uma conversa pessoal com o presidente Michel Temer, no Palácio do Planalto, o tucano entregou uma carta pedindo a exoneração do posto. Ele afirmou ao presidente que precisará passar por um tratamento de saúde de pelo menos quatro meses, período no qual não poderia fazer viagens internacionais, que fazem parte do dia-a-dia do posto de chanceler. Com a saída, o tucano voltará a exercer o mandato de senador.
Segundo auxiliares do presidente, Temer insistiu para que ele permanecesse no posto, mas Serra disse que não seria possível atender ao pedido. Em dezembro, Serra foi submetido a uma cirurgia na coluna vertebral, no Hospital Sírio-Libanês.
Na reunião com o presidente, Serra levou exames para deixar clara a necessidade de deixar o posto. Na carta, Serra agradeceu a Temer e pelo apoio e prometeu ajudá-lo no Congresso.
A ÍNTEGRA DA CARTA

“Senhor presidente
Pelo presente, venho solicitar minha exoneração do cargo de Ministro de Estado de Relações Exteriores.
Faço-o com tristeza, mas em razão de problemas de saúde que são de conhecimento de Vossa Excelência, os quais me impedem de manter o ritmo de viagens internacionais inerentes à função de Chanceler. Isto sem mencionar as dificuldades para o trabalho do dia a dia. Segundo os médicos, o tempo para restabelecimento adequado é de pelo menos quatro meses.
Para mim foi motivo de orgulho integrar sua equipe. No Congresso, honrarei meu mandato de senador trabalhando pela aprovação de projetos que visem á recuperação da economia, ao desenvolvimento social e à consolidação democrática do Brasil.

Respeitosamente,

José Serra”
 FONTE: O GLOBO

Nenhum comentário: