segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

SAÚDE: VEJA OS IMPACTOS DA DEFICIÊNCIA DE VITAMINA D NA SAÚDE MENTAL E FÍSICA

A falta da vitamina D pode fazer com que seus ossos fiquem finos, quebradiços ou disformes. A vitamina D tem papel importante na resistência à insulina, pressão arterial elevada e função imunológica. Além disso, os cientistas estão estudando qual a relação da vitamina com doenças cardíacas e câncer.   A serotonina, o hormônio do cérebro associado com a elevação do humor, aumenta com a exposição à luz e cai quando a exposição diminuiu.
 Em 2006, cientistas avaliaram os efeitos da vitamina D na saúde mental de 80 pacientes idosos e descobriram que aqueles com os mais baixos níveis de vitamina eram 11 vezes mais propensos a terem depressão do que aqueles que receberam doses saudáveis.
A vitamina D é uma vitamina solúvel em gordura, o que significa que a gordura corporal atua como um “sumidouro” da substância. Se você estiver com sobrepeso, é provável que precise de mais vitamina D do que uma pessoa magra – e o mesmo vale para pessoas com pesos mais elevados devido à massa muscular. Muitas pessoas, ao procurar os médicos devido a dores, especialmente em combinação com fadiga, acabam sendo diagnosticados com fibromialgia ou síndrome de fadiga crônica.
“Muitos destes sintomas são sinais clássicos de problemas com a vitamina D, como a deficiência osteomalacia, que é diferente da deficiência de vitamina D que provoca osteoporose em adultos“, explica Dr. Charles Bollmann. “O que está acontecendo é que a deficiência de vitamina D provoca um defeito em colocar cálcio na matriz de colágeno em seu esqueleto. Como resultado, você apresenta dores ósseas“, completa.
Um dos primeiros sinais clássicos da deficiência de vitamina D é o suor na cabeça. A transpiração excessiva em recém-nascidos aparece devido à irritabilidade neuromuscular e é descrita como um sintoma comum do início da falta de vitamina D.
Lembre-se, a vitamina D é uma vitamina solúvel em gordura, o que significa que se você tiver uma condição gastrointestinal que afete sua capacidade de absorver gordura, você pode absorver menos dela e de outras vitaminas lipossolúveis. Isto inclui condições intestinais como a de Crohn, Doença Celíaca e sensibilidade ao glúten, além de doenças inflamatórias do intestino.  FONTE: JORNAL CIÊNCIA

Nenhum comentário: