terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

DEPUTADO NEGA PARTICIPAÇÃO EM DESVIO DE R$ 30 MILHÕES NO IDEMA

O deputado Ricardo Motta repudiou as acusações feitas por Gutson Reinaldo, ex-diretor administrativo do Idema, em depoimento na manhã desta segunda-feira (22). Acusado de chefiar um esquema que teria desviado mais de R$ 30 milhões do Idema, entre 2012 e 2014, o réu afirmou em juízo que as fraudes começaram a pedido do deputado estadual, que teria mantido ele à frente do setor administrativo do órgão. "Um dia ele me chamou e disse que precisava de R$ 8 a 10 milhões", afirmou Gutson.
Ainda de acordo com o réu, que ainda busca um acordo de delação premiada com o Ministério Público, o deputado ficava com 60% dos recursos subtraídos das contas públicas. "Nada do que foi dito é verdade. Nada, absolutamente, nada. Por isso, tomarei as medidas cabíveis para que este absurdo não fique impune", afirmou Ricardo Motta, em nota.
Confira na íntegra nota enviada pelo deputado estadual:
"Venho a público manifestar meu repúdio diante de noticiário sobre declaração de ex-diretor do Idema citando de forma espúria e sem provas o meu nome.

Nada do que foi dito é verdade. Nada, absolutamente, nada.

Por isso, tomarei as medidas cabíveis para que este absurdo não fique impune.

Não fui responsável por sua indicação, nomeação, tampouco pelos seus atos e jamais aceitarei a calúnia cometida contra a minha pessoa.

Que ele responda por suas práticas, sem tentar macular a honra alheia ou maldosamente terceirizar delitos que cometeu, numa desesperada e leviana manobra para transformar quem nada tem com o caso, em boia de salvação do seu naufrágio moral.
Estive, estou e estarei à disposição da Justiça. Em sete mandatos de deputado estadual jamais foi encontrada qualquer irregularidade em minha vida pública. Estou, muito mais, com a paz, a serenidade e a firmeza inabalável da consciência tranquila.

Ricardo Motta

Deputado estadual"
FONTE: NOVO JORNAL 

Nenhum comentário: