terça-feira, 22 de dezembro de 2015

MACAU: PREFEITO INTERINO DIZ QUE ENCONTROU VERDADEIRO "CAOS" NA PREFEITURA

O prefeito interino de Macau Einstein Barbosa, que assumiu o comando do Executivo salineiro no último dia 13 de novembro, diz que suspendeu 100% dos contratos celebrados entre a Prefeitura Municipal e fornecedores. Einstein explica que desde que assumiu a cadeira de chefe do executivo de Macau vem tomando medidas de austeridade como a exoneração de todos os cargos comissionados ligados ao antigo prefeito.

O prefeito interino informa que seu objetivo é retirar do imaginário da população de Macau e do todo o Rio Grande do Norte a imagem de que o município é cenário de desvios de dinheiro e de políticos corruptos. Para efetivar seu planejamento, o prefeito interino colocou em curso uma auditoria fiscal, tributária, jurídica e administrativa na Prefeitura de Macau. Pelo o que já pode observar, Einstein computa que há um déficit mensal de cerca de R$ 2 milhões.
“Estamos ainda tomando pé da situação. Havia um caos instalado na Prefeitura de Macau onde não havia controle de absolutamente nada. Esse auditoria vai nos mostrar a realidade. Houve uma quebra, um rompimento de vínculo e Deus está nos dando a oportunidade à toda Macau para que a gente possa dar uma reviravolta nisso. Demos basicamente um reset no sistema, onde estamos tomando uma série de medidas duras”, destacou Einstein.

O prefeito comenta que os sistemas tributários e administrativos da Prefeitura não eram devidamente alimentados, dificultando, desta maneira, a extração dos dados. “Pretendemos no final de janeiro uma prestação de contas à população. Nós já sabemos que há um déficit. As pessoas dizem que Macau arrecada bem. É verdade. Mas aonde se arrecada R$ 5 milhões e se gasta R$ 7 milhões, fica um rombo”, exemplifica o prefeito. FONTE: AGORA RN

Nenhum comentário: