sábado, 26 de setembro de 2015

RN INVESTE R$ 1,5 MILHÃO PARA ESTRUTURAÇÃO DA REDE MATERNO INFANTIL‏

O Rio Grande do Norte continua os investimentos na área da saúde pública através do RN Sustentável, projeto multissetorial desenvolvido pelo Banco Mundial. O mais recente incremento na pasta foi a reestruturação da rede materno infantil, que visa manter o atendimento das gestantes desde o pré-natal até os seis meses do bebê, e investimentos também na urgência e emergência e oncologia.
A aplicação de recursos em equipamentos e adequações das maternidades, até agora, é de aproximadamente R$ 1,5 milhão destinados à aquisição de 51 balanças digitais infantil; 148 berços em acrílico; 45 cadeiras de roda para banho; 55 carros maca completo; 147 leitos a fawler (cama fawler para enfermarias); 147 poltronas hospitalares para pacientes; 147 suportes para soro com rodízio; 55 armários tipo vitrine. Os equipamentos já foram adquiridos pelo Estado, e em um prazo de 60 dias serão entregues.
Para estruturação da rede materno infantil estão sendo realizadas pequenas adequações em 21 unidades que já tiveram serviços concluídos em Caicó, Currais Novos, Santana do Matos, Jucurutu e Parelhas.

Já os municípios de Lajes, Angicos, Assú, Santo Antônio, São José do Mipibu, Goianinha e Ceará-Mirim estão com os serviços em andamento, bem como está garantido o início das obras para reformar as unidades de Caraúbas, Almino Afonso, João Câmara, Natal, São Paulo do Potengi e São Gonçalo do Amarante. A maternidade de Pau dos Ferros contará com um banco de leite, enquanto Macau terá dois prédios reformados.
Somadas às melhorias, o RN Sustentável também reformará e ampliará sete hospitais estaduais, beneficiando as cidades de João Câmara, São José do Mipibu, Pau dos Ferros, Caicó, Santo Antônio, São Paulo do Potengi e Assú, com a construção de um laboratório de patologia clínica em Natal.

Entretanto, além da parte estrutural, também serão aplicados recursos na capacitação de 300 profissionais de saúde como médicos e enfermeiros voltados à atenção pré-natal. Em 2016, a meta é chegar a 1.200 profissionais capacitados. Ainda no ano que vem, será oferecido o curso de Implantação de Protocolo para as maternidades.
As ações em curso, o planejamento estratégico para o próximo ano e o ritmo constante de trabalho renderam elogios do Banco Mundial ao Projeto RN Sustentável, durante a V Missão da instituição, realizada neste mês. FONTE: JORNAL DE HOJE

Nenhum comentário: