terça-feira, 29 de setembro de 2015

PREFEITOS DO RN ALERTAM PARA SITUAÇÃO DE COLAPSO NO ABASTECIMENTO DE ÁGUA

Prefeitos de todas as regiões do Rio Grande do Norte, principalmente as mais afetadas pela seca, como a Seridó e Oeste, esperam que sejam apontadas soluções para resolver a curto e longo prazo o problema da falta de água nos municípios.  O prefeito de Mossoró e presidente da Federação dos Municípios do RN (FEMURN), Francisco José Silveira Júnior (PSD), disse que os municípios pedem uma solução urgente.  “Hoje temos treze municípios em colapso, com expectativa de ir para 42 e já são 153 cidades em estado de emergência. O momento pede soluções alternativas, mas principalmente definitivas, como é o caso da transposição”, afirmou o presidente da FEMURN.
Uma das cidades em colapso, Acari vivencia diariamente o cenário desolador da falta de água no Açude Gargalheiras, uma das atrações turísticas do RN e que também abastece Currais Novos.
O prefeito do município, Isaías Cabral (PMDB) afirmou que se a transposição já tivesse acontecido com antecedência, a situação seria bastante diferente da atual.

“Temos que avançar, para ter mais segurança hídrica e também na questão de adutoras. A transposição merece que lhe seja dedicada total importância. Hoje nos deparamos com a prioridade de ter que oferecer condições para que os municípios tenham acesso a carros pipa, mas é preciso avançar nas adutoras de engate rápido, como é o caso da que vem da Armando Ribeiro pra Acari”, disse o prefeito.
Os principais reservatórios do RN estão em situação crítica. As barragens de Pau dos Ferros e Acari estão secas, a barragem de Apodi tem menos de 30% de sua capacidade hídrica, a de Assu tem 25% e a de Caicó está com menos de 5%.

A discussão aconteceu durante o evento “RN pela Transposição”, que foi realizado na manhã da última segunda-feira (28) em parceria da Assembleia Legislativa com o Senado, e que reuniu autoridades e lideranças do Rio Grande do Norte, contando ainda com a presença do ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, que destacou que as obras de Transposição no RN têm investimento garantidos de R$ 150 milhões. FONTE: MOSSORÓ HOJE

Nenhum comentário: