quarta-feira, 26 de agosto de 2015

SAUDE: PENSA EM FAZER A DIETA DO ABACAXI? CONHEÇA OS PRÓS E CONTRAS

Você já ouviu falar na dieta do abacaxi? Aproveitando os benefícios da fruta, ela promete eliminar peso e queimar as gordurinhas localizadas. Existem diferentes versões, algumas mais radicais que outras, indicando consumir apenas a fruta durante um dia na semana.  Nesses casos, é preciso ter cuidado, pois as dietas restritivas podem provocar deficiências nutricionais e prejudicar o funcionamento do organismo. A dica é ter uma alimentação variada, com alimentos de todos os grupos alimentares, além de procurar o acompanhamento nutricional antes de optar por um regime mais severo.
Como funciona a dieta do abacaxi
A dieta do abacaxi indica a inclusão da fruta entre as refeições por dez dias ou, como sugerido em outras versões, o consumo exclusivo do vegetal durante um dia inteiro, uma vez por semana.
O abacaxi possui alto teor de água e poucas calorias. É rico em fibras alimentares, trazendo benefícios para quem quer perder peso. A fruta facilita a digestão, ajuda no funcionamento do intestino, promove sensação de saciedade, elimina a retenção de líquidos e ainda atua na quebra de gorduras dos alimentos, ajudando a eliminar as gordurinhas localizadas do corpo.
Mas é preciso ter cuidado para não se enganar com os resultados, conforme explica a nutricionista Caroline Luize Welter. “Como o abacaxi tem um grande teor de água, ele é sim um bom diurético. Durante a dieta você pode notar perda de peso, mas o que você está perdendo não é gordura, e sim líquidos”.
Além da fruta, a dieta do abacaxi indica o consumo de legumes e verduras como repolho, alcachofra, jiló, abobrinha, pepino, rabanete e vegetais folhosos, pois também facilitam a digestão e possuem baixo valor calórico. Porém, ela restringe a ingestão de carnes, ovos, leites, óleos e gorduras.
Cuidados e contraindicações
Apesar de todos os benefícios do abacaxi, uma dieta restritiva, em que se deve eliminar totalmente alguns tipos de alimentos, pode trazer prejuízos para a saúde. A dieta do abacaxi limita o consumo de grupos alimentares como leite e derivados, carnes e ovos e óleos e gorduras.
Ao seguir um plano alimentar restritivo como esse, a pessoa possui mais riscos de desenvolver carências nutricionais, pois, ao evitar grupos de alimentos, a ingestão de alguns nutrientes é prejudicada. Um exemplo é o ferro, encontrado principalmente nas carnes.
Na versão da dieta do abacaxi em que durante um dia inteiro é indicado consumir apenas a fruta, a carência de nutrientes é ainda maior. Devido à drástica redução calórica, há um grande risco de ocorrer episódios de hipoglicemia (redução nos níveis de açúcar no sangue), fraqueza, tonturas e até mesmo desmaios. A acidez da fruta ainda pode causar desconforto em casos de gastrite e úlceras.
Além disso, seguir dietas da moda nem sempre traz os resultados desejados e ainda pode ser prejudicial à saúde, reiterando a importância de buscar ajuda profissional para uma perda de peso saudável.
“Além de ser fundamental para pessoas que buscam uma reeducação alimentar, é importante entender que o acompanhamento nutricional é imprescindível para a prevenção e o tratamento de doenças”, lembra a nutricionista Caroline. FONTE: TERRA

Nenhum comentário: