quarta-feira, 12 de agosto de 2015

MORRE AOS 76 ANOS, O “FENÔMENO DAS URNAS” MIGUEL MOSSORÓ

Faleceu na tarde desta terça-feira (11), no Hospital do Exército, em Natal, Miguel Mossoró (76), ex-candidato a prefeito de Natal no pleito de 2006 e que ficou famoso na política potiguar por suas promessas de fornecer leite encanado à população e construir uma ponte ligando Natal à ilha de Fernando de Noronha.
Miguel Mossoró chegou a ser candidato a deputado federal em 2014 pelo Partido Trabalhista Cristão (PTC), obtendo 2.186 votos. Ele era viúvo, tenente aposentado das Forças Armadas e natural de Mossoró.

Com proposta de ponte gigantesca, Miguel Mossoró teve mais votos que Fátima e Ney Lopes juntos

A memorável campanha eleitoral para prefeito de Natal de 2004 foi marcada pela passagem de uma figura irreverente que surgiu na cena política prometendo obras faraônicas à população. A principal promessa, carro-chefe de sua campanha, foi a inexequível construção de uma ponte ligando Natal à ilha de Fernando de Noronha. O protagonista dessa irreverência, Miguel Mossoró, faleceu na tarde desta terça-feira (11) no Hospital de Guarnição do Exército.
Apesar de consideradas utópicas, as promessas de Miguel Mossoró foram responsáveis por arrebatar nada menos que 67.065 votos, em uma campanha onde figuraram nomes como Carlos Eduardo Alves, Luiz Almir, Fátima Bezerra e Ney Lopes. Outra das incríveis promessas de Miguel era fornecer leite encanado à população.
Para se ter ideia da adesão do eleitorado às propostas de Miguel Mossoró naquele duelo de gigantes da política, o senhor de cabelo grisalho e fala alvoroçada conquistou o terceiro lugar, ficando à frente da atual senadora Fátima Bezerra e do ex-deputado federal Ney Lopes.
Nem juntando os 27.331 votos adquiridos por Fátima com os 21.115 conquistados por Ney Lopes se chegava perto da quantidade de votos obtida por Miguel, que levou 18,17% dos votos válidos daquela campanha.

Miguel Mossoró chegou a ser candidato a deputado federal em 2014 pelo Partido Trabalhista Cristão (PTC), obtendo 2.186 votos. Ele era viúvo, tenente aposentado das Forças Armadas e natural de Mossoró. (VISOR POLÍTICO) FONTE: JORNAL DE HOJE

Nenhum comentário: