quinta-feira, 4 de junho de 2015

PROBLEMAS DIGESTIVOS PODEM SER RESOLVIDOS COM HÁBITOS SAUDÁVEIS

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), 20% da população global sofrem com doenças digestivas – prisão de ventre, diarréia, dor abdominal, gastrite, sensação de queimação, refluxo, azia, inflamações, intoxicações e até câncer são alguns dos problemas diagnosticados.  Para Flavia Morais, coordenadora de nutrição do Mundo Verde, má alimentação, sedentarismo e o estresse da vida moderna estão ligados diretamente aos problemas de digestão, que acabam por gerar ou potencializar diversas doenças. “As refeições calóricas e o baixo consumo de frutas, de verduras e de legumes fazem com que casos de azia, flatulência e prisão de ventre sejam sintomas cada vez mais presentes na vida dos brasileiros. Atingem homens e mulheres, mas podem ser resolvidos com hábitos saudáveis”, comenta.
Outro item importante para a saúde digestiva é a hidratação. “O consumo de água pode ajudar a evitar a retenção de líquido. Quanto maior a ingestão, maior a desintoxicação, pois as toxinas acumuladas no organismo são expelidas do corpo por meio do suor e da urina. A água também faz parte do processo de renovação celular e facilita o trânsito intestinal”, destaca Flavia.
Alterações simples no hábito alimentar auxiliam positivamente no controle desses sintomas, garante a especialista. Confira algumas dicas de alimentação para manter a saúde do aparelho digestivo em dia:

* Chia: semente riquíssima em fibras, regula o funcionamento intestinal.

* Óleo de coco: possui ação antifúngica e antibacteriana e ácidos graxos que melhoram a digestão. O produto regula a função intestinal, ajudando a eliminar bactérias patogênicas, favorecendo, assim, o crescimento da flora intestinal.

* Abobrinha e ameixa: em razão de seus altos teores de fibras, tem leve poder laxante, o que higieniza as paredes do intestino, além de atuarem no controle da prisão de ventre.
* Iogurtes probióticos: são bactérias boas, as quais, em contato com a mucosa intestinal, favorecem a proliferação de micro-organismos, que atuam promovendo o equilíbrio da flora intestinal.

* Cebola, alho, tomate, aspargo, alcachofra, banana-verde, cevada, centeio, aveia, trigo e mel: são alimentos prebióticos, que nutrem e promovem o crescimento dos probióticos (bactérias benéficas na nossa flora intestinal).

* Mamão e abacaxi: essas duas frutas possuem, naturalmente, enzimas em sua composição; a bromelina e a papaína, respectivamente, que auxiliam na digestão, principalmente de proteína.

* Azeite extravirgem: controla a formação excessiva de ácidos gástricos, facilitando a digestão e evitando azias e outros desconfortos digestivos.
* Chás digestivos: o chá de hortelã e o chá de gengibre ajudam na digestão por regularizarem a acidez do estômago e por evitarem o sintoma de empachamento. O consumo recomendado é de 1 xícara (chá), 20 minutos antes das refeições.

Nenhum comentário: