domingo, 14 de junho de 2015

FAMÍLIAS COMEMORAM A ENTREGA DA CASA PRÓPRIA PELO GOVERNO DO ESTADO

O oleiro Francisco Canindé da Silva acordou cedo nesta quinta-feira (11) para não chegar atrasado ao compromisso mais aguardado dos últimos anos: receber a chave da tão sonhada casa própria.  Ele reuniu toda a família, a mulher Camila e os dois filhos, Mikeully, de seis anos de idade, e Davi, de apenas quatro meses, e se dirigiu ao Bairro Monte Santo II onde será seu novo endereço. “Esperei muito por esse sonho e hoje ele se torna realidade.
Estou emocionado porque nas minhas condições, eu nunca ia conseguir comprar uma casa. Agora sem pagar aluguel, o dinheiro vai ficar até mais folgado”, disse ele.
A família de Francisco Canindé é uma das 10 beneficiadas no município de São José de Campestre com as casas entregues nesta quinta-feira pela secretária Estadual de Trabalho, Habitação e Assistência Social, Julianne Faria.
Esta foi a segunda etapa da entrega das chaves naquele município. Em fevereiro foram concluídas 17 unidades e no próximo mês serão mais 13 famílias beneficiadas, totalizando 40 casas no Monte Santo II.
Os investimentos são da ordem de R$ 1,15 milhões dentro do Programa Minha Casa, Minha Vida II, fruto do convênio entre governos federal e estadual, através da Companhia Estadual de Habitação (Cehab), órgão vinculado à Sethas.

As casas atendem ao padrão nacional de qualidade e possuem três quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço, com área de 49 metros quadrados. No que se refere à infraestrutura, de acordo com o Termo de Acordo de Compromisso, a Prefeitura de São José de Campestre ficaria responsável, dentre outros pontos, pela iluminação e ligações domiciliares de abastecimento de água e energia elétrica.
No entanto, como ficou constatado que as casas ainda não possuem água e nem luz, a secretária Julianne Faria se comprometeu em garantir o abastecimento com a Caern e Cosern. “A orientação do governador Robinson Faria é que tanto a Cehab quanto a Sethas estejam presentes na entrega das casas para verificar as condições do imóvel e de infraestrutura para as famílias beneficiadas. Temos que atestar a qualidade dos imóveis”, ressaltou a titular da Sethas.
FONTE: JORNAL DE HOJE

Nenhum comentário: