sexta-feira, 24 de abril de 2015

SAÚDE: DIETA DA BANANA ELIMINA 8 QUILOS EM UM SÓ MÊS E JÁ FAZ SUCESSO NO JAPÃO

Uma dieta à base de banana está fazendo o maior sucesso no Japão. A dieta, conhecida como “dieta da banana matinal”, promete a eliminação de 8 quilos por mês sem grandes restrições no cardápio e, segundo os japoneses, ela realmente cumpre o que promete.
O criador dela é o médico Hitoshi Watanabe, especialista em medicina preventiva. O melhor da dieta da banana é a sua praticidade.

Não há nenhum grande mistério: comem-se no máximo quatro bananas no café da manhã seguidas de uma xícara (chá) de água em temperatura ambiente. A água deve ser bebida em pequenos goles e, repetimos, em temperatura ambiente.

Feito isso, você está liberado para comer, nas outras refeições, quase todos os outros alimentos. O único cuidado é comer porções moderadas, sem exagero, e diminuir o consumo de açúcar e fritura. Álcool e leite devem ser eliminados durante a realização dessa dieta.
Mas você pode comer tudo – repetimos -, desde que seja com moderação. A dieta da banana é um sucesso tão grande que tem até uma página e um fórum oficiais na internet: www.morningbanana.com

Pelo que lemos no fórum (em inglês), as pessoas estão muito satifeitas com a dieta e algumas chegam a relatar a perda de 18 quilos em dois meses!
Por que a dieta funciona?
Para Hitoshi Watanabe, o criador dela, o segredo é a banana, que, além de matar rapidamente a fome, contém enzimas capazes de acelerar a digestão e o metabolismo, o que resulta na perda rápida de peso. E sobre o outro “segredinho” da dieta – a água em temperatura ambiente -, não se sabe ao certo a razão.

O que se especula é que a água em temperatura ambiente não provoca choque térmico durante a digestão e isso reduz a fome e também acelera o processo digestivo. Mas o melhor da dieta da banana é mesmo o fato de ela ser bastante simples.
Pode-se dizer que é uma dieta para pessoas que não querem se preocupar com dieta, que não querem perder tempo formulando cardápios e contando as calorias dos alimentos.   FONTE: CURA PELA NATUREZA

Nenhum comentário: