sábado, 14 de março de 2015

PROFESSOR SOBREVIVE A CINCO TIROS DE ALUNO INSATISFEITO COM NOTA

O professor de Biologia, Carlos Christian Gomes, de 33 anos, viu sua carreira ser interrompida após ter levado cinco tiros em agosto de 2014 de aluno, de 17 anos, que estava insatisfeito com a nota. Christian ensinava em uma escola da rede estadual em Aracaju
“Não consigo entender como, por um motivo tão fútil, ele tentou tirar minha vida”, disse em entrevista à BBC Brasil. Uma semana após o incidente, o aluno se entregou à polícia e confessou o crime. Segundo a reportagem, ele foi condenado e deve cumprir pena máxima de três anos em uma unidade de correção de menores. Já o professor está paraplégico e recebe tratamento para superar o trauma físico e psicológico.

Após ter passado pela violência, Carlos contou que muitos professores sofrem com agressões verbais na sala de aula. “Muitos pais dizem que trabalham o dia todo e deixam a responsabilidade de educar pra a gente. Mas, se os pais não educaram, não vou conseguir educar em um semestre. Um exemplo típico é um pai ou mãe não orientar seus filhos a estudar para as provas e fazer suas tarefas de casa. Quando chegam à escola, eles são cobrados e não aceitam essa cobrança porque, em casa, onde deveria ser educado, ele não cumpre suas obrigações”, disse.
FONTE: IBAHIA

Nenhum comentário: