terça-feira, 23 de dezembro de 2014

EM JANEIRO, FISCALIZAÇÕES DO DETRAN VÃO COBRAR EXTINTORES DO TIPO ABC


O Detran/RN vai cobrar nas vistorias e fiscalização de veículos o tipo de extintor utilizado no automóvel, que de acordo com a resolução 333/2009 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), deve ser apenas o do tipo ABC. A norma começa a vigorar no dia 1º de janeiro de 2015 e alcança todos os automóveis independentes do ano de fabricação.    Atualmente, os veículos podem circular com extintores do tipo BC, porém esses equipamentos devem ser substituídos pelo ABC, que tem maior abrangência no combate a focos de incêndios. Esses extintores são eficazes para conter chamas em produtos sólidos, combustíveis e elétricos. Os de categoria BC se resumem a incêndios alimentados por combustível ou eletricidade.

Outra vantagem do extintor ABC é que o prazo de validade é maior, chegando a cinco anos, enquanto o BC é de três anos. O primeiro não pode ser recarregado, já o segundo pode ser por uma vez e a validade não ultrapassa um ano. Os veículos fabricados de 2005 para cá já saem da fábrica com o equipamento de combate a incêndio ABC, porém os fabricados anteriores a essa data terão que se adequar a nova situação.
De acordo com o coordenador de Educação e Fiscalização de Trânsito do Detran, Adryano Barbosa, o condutor flagrado em blitz ou inspeção veicular com extintor diferente do que determina a norma do Contran, deve ser autuado com multa de R$ 127,69 e com anotação de cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), por se configurar uma infração grave. O veículo também deve ser retido até a regularização. “É importante alertar ao motorista que a penalidade também cabe para aquele que portar o extintor fora do prazo de validade, vazio ou com o lacre violado”, informou.
Dados do setor de Estatística do Detran/RN apontam que existe em circulação no Estado 429.320 veículos com ano de fabricação anterior a 2005. Em Natal são 200.665 automóveis.
FONTE: NOMINUTO

Nenhum comentário: