terça-feira, 18 de novembro de 2014

JOSÉ ADÉCIO DIZ EM NOTA DE VÍTIMA DE PERSEGUIÇÃO POLÍTICA

O deputado estadual reeleito José Adécio (DEM) reagiu à decisão do juiz eleitoral Otto Bismarck que o tornou inelegível pela acusação de utilizar a estrutura da Ceasa, à época dirigida por ele no Estado, para beneficiar a candidatura a prefeito de Pedro Avelino, de Neide Suley Muniz Costa (esposa do parlamentar) e o vice Joaldo Bezerra da Costa.
Em nota, o parlamentar disse ser ficha limpa e que está sendo acusado de dar prioridade à cidade de Pedro Avelino, berço da carreira política dele.  Confira:
Nota
A imprensa do Estado vem noticiando fatos afeitos a Justiça Eleitoral que dizem respeito a mim, relativos a eleição Municipal do Município de Pedro Avelino no ano de 2012.
De início é imperioso ressaltar que fui acusado de haver priorizado origens que tenho na Região Central do Estado e na cidade onde fui Prefeito, Pedro Avelino, o que apenas demonstra a lealdade e gratidão que tenho por minha terra e pelas regiões que adotei como berço político, e pelo povo que tem me dado tanta alegria e responsabilidade, tudo dentro da mais absoluta legalidade, sem nunca exigir apoio eleitoral em troca do bem que pude fazer.
Aliás, estranho é que desde que tomei decisões políticas de coerência com as minhas origens e medidas legais para que o Prefeito daquela cidade de Pedro Avelino fosse responsabilizado por fraudes que fez naquela campanha de 2012, que culminaram com sua cassação, eu tenha sido alvo da ira dos que me escolheram não como adversários, como os vejo, mas como inimigo.

Sou o que a legislação e a vida pública chamam de ficha limpa, o meu nono mandato (oito como Deputado Estadual e um como Prefeito) conquistado pela soberania popular não está em discussão, não existe nada que possa o macular ou ameaçar, como querem fazer crer aqueles que temem meu trabalho diuturno pelo meu Estado.
A Justiça eleitoral do meu Estado e do meu País saberão que separado o joio do trigo, sempre estamos do lado deste, o trigo, por mais estreita que seja a porta da honestidade, coerência e espírito público.
Com as mãos limpas como ao assumir o primeiro mandato, em 1976, e a coragem democrática de quem luta sempre do lado do seu povo, continuarei a minha trajetória política, sempre voltada para o meu querido Rio Grande do Norte.

Deputado José Adécio.
FONTE: ASSIS SILVA

Nenhum comentário: