sábado, 29 de novembro de 2014

DIRETÓRIO ESTADUAL DO PSB É EXTINTO POR NÃO CONSEGUIR 5% DOS VOTOS NA ÚLTIMA ELEIÇÃO

O Diretório Estadual do PSB no Rio Grande do Norte, que tem como presidente a vice-prefeita de Natal Wilma de Faria, foi dissolvido por determinação da Executiva Nacional. O motivo: não conseguiu atingir 5% dos votos válidos para deputado federal na última eleição no Estado – a deputada federal Sandra Rosado, candidata da sigla, não conseguiu se reeleger para o cargo.

Com a decisão da Executiva Nacional, a partir de agora, o Diretório Estadual do partido no Estado passará a funcionar na condição de Comissão Provisória, até que o PSB se reestruture para eleger um ou dois deputados federais nas eleições de 2018.
O mesmo procedimento foi adotado em outros Estados, inclusive o Rio de Janeiro onde mesmo o partido tendo elegido o ex-jogador Romário para o Senado da República, o partido não atingiu os 5% dos votos e o Diretório Estadual também foi dissolvido.
Segundo informa o Primeiro Secretário do PSB, Genildo Pereira, “a presidente da legenda Wilma de Faria recebeu a decisão com tranquilidade, até porque ela participa das decisões da cúpula partidária por pertencer à Direção Nacional do PSB”.
O secretário Genildo Pereira acrescentou que a orientação a partir de agora é trabalhar intensamente para reestrutura e fortalecer o PSB no Rio Grande do Norte através de encontros, reuniões, palestras e campanhas de novas filiações, inclusive com vistas ao próximo pleito que acontecerá em 2016.

O PSB do RN tem apenas uma representante no Congresso Nacional: a deputada Sandra Rosado, que não conseguiu se reeleger no pleito de outubro. Ela teve apenas 3,26% dos votos válidos no pleito, o que representou pouco mais de 51 mil votos.
Na Assembleia Legislativa, o PSB tem a presença da deputada Márcia Maia, Tomba Faria e Larissa Rosado. Os dois primeiros reeleitos, enquanto a mossoroense não conseguiu sua reeleição.
FONTE: JORNAL DE HOJE  REPÓRTER DE POLÍTICA JOAQUIM PINHEIRO

Nenhum comentário: