sábado, 16 de agosto de 2014

RODOVIÁRIOS FAZEM PROTESTO PELA MORTE EM ASSALTO DE UM MOTORISTA NA GRANDE NATAL


Motoristas e cobradores de diversas linhas de ônibus realizam paralisação na Ribeira, zona leste de Natal e nas avenidas Prudente de Morais, nos dois sentidos, na Bernardo Vieira também nos dois sentidos na Jaguarari no sentido de Nova Descoberta. Desde o início da manhã deste sábado (16), eles fazem um protesto em virtude da morte em assalto de um motorista de ônibus, que ocorreu em Parnamirim na noite de ontem (15). A frota de ônibus está completamente parada.

Devido a paralisação, o trânsito está lento principalmente nas avenidas Prudente de Morais e Bernardo Vieira. Até as 8h30 os rodoviários estavam bloqueando a avenida com pedras e fechando duas faixas com os ônibus, porém, eles chegaram a um acordo com a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob), de fechar apenas uma faixa nos dois sentidos da Prudente de Morais.

 De acordo com o morotista Arnaldo Dias, um dos organizadores do protesto, os rodoviários querem uma resposta do Governo em relação a segurança dos trabalhores da categoria. "Se não tivermos uma resposta, na segunda-feira faremos outra paralisação", afirma Arnaldo.
A categoria se mostra insatisfeita com a violência aos motoristas e cobradores de ônibus na capital potiguar. A parada não tem horário para término definido. 

Para o presidente do Sindicato das Empresas de Transporte Intermunicipal de Passageiros do Rio Grande do Norte (Setrans/RN), Eudo Laranjeiras, a solução para o problema da violência nos transportes é a implementação da bilhetagem eletrônica. "É necessário uma mudança na legislação, e só quem pode fazê-la são as autoridades. Ou será necessário que ocorram quantas mortes a mais para que se perceba isso?", afirma Laranjeiras.

O Sindicato aponta que em 2014 já foram registrados mais mil assaltos a ônibus na capital e Grande Natal. Há uma média de 140 casos por mês.  "Este tipo de assalto é geralmente feito por pequenos consumidores de drogas e nos ônibus o dinheiro em espécie é um atrativo. Assim, existe a dificuldade de garantir a segurança no ônibus, as câmeras existentes registram mas não evitam as ocorrência. A solução para acabar com o problema existe, mas autoridades precisam abrir os olhos para o problema e enxergar a solução, que é a bilhetagem eletrônica", explica.
Assassinato
Um motorista de ônibus, identificado como Francisco Izaque de Faria, de 36 anos, foi atingido na perna por disparos de arma de fogo mesmo sem ter reagido a um assalto em Parnamirim, na Grande Natal, na noite de ontem (15). Os dois suspeitos do crime fugiram levando os pertences dos passageiros.O motorista  morreu em deccorência dos disparos.

O velório do motorista francisco Izaque Farias,será em São José de Mipibu às 15h de hoje. Depois do velório, o corpo seguirá para Santa Cruz, onde será enterrado às 9h de amanhã (17).
 
FONTE: TRIBUNA DO NORTE

Nenhum comentário: