terça-feira, 15 de abril de 2014

DILMA SAI EM DEFESA DA PETROBRAS

SãO Paulo (AE) - A presidenta Dilma Rousseff saiu ontem em defesa da Petrobras, garantiu a apuração “com o máximo de rigor” de denúncias envolvendo a empresa e disse que a estatal, ao longo da história, resistiu bravamente às “tentativas de desvirtuá-la, reduzi-la e privatizá-la”. “A Petrobras jamais vai se confundir com qualquer malfeito, com corrupção ou qualquer ação indevida de quaisquer pessoas, das mais graduadas às menos graduadas”, afirmou Dilma, durante cerimônia de viagem inaugural do navio petroleiro Dragão do Mar e batismo do navio Henrique Dias, no Estaleiro Atlântico Sul, em Ipojuca (PE). O evento foi o primeiro em que Dilma apareceu em público ao lado da presidenta da Petrobras, Graça Foster, desde o início da onda de denúncias envolvendo a estatal, e também o discurso mais enfático da presidenta sobre a questão.
“Nós, com determinação, estamos aqui nos comprometendo, a cada dia que passa, que o que tiver de ser apurado vai ser apurado com o máximo de rigor. O que tiver de ser punido vai ser também com o máximo de rigor”, disse Dilma. Ela mencionou que a auditoria da Petrobras com o programa de prevenção à corrupção da empresa e com as comissões de apuração “são os mais eficazes
Além disso, Dilma citou o Poder Judiciário, o Ministério Público e “sobretudo” a Polícia Federal e a Controladoria-Geral da União como órgãos do governo federal que “estarão sempre atentos para realizar a fiscalização e os controles externos”.  “Não podemos permitir, é bom dizer isso, como brasileiros que amam e defendem este País, que se utilize ações individuais e pontuais, mesmo que graves, para tentar destruir a imagem de nossa maior empresa, a nossa empresa mãe. Ou para tentar confundir quem de fato trabalha a favor e quem trabalha contra a Petrobras”, disse a presidenta.

Dilma afirmou que “está errado” quando alguns dizem que a Petrobras está perdendo valor e importância no Brasil. “Manipulam dados, distorcem análises, desconhecem deliberadamente a realidade do mercado internacional de petróleo, para transformar eventuais problemas do mercado em fatos irreversíveis e definitivos”, disse. A presidenta lembrou que em 2003, no início do governo Lula, a Petrobras valia no mercado R$ 15,5 bilhões, e hoje, mesmo com problemas, vale  R$ 98 bilhões.

“Ao contrário do passado, a Petrobras é a empresa que hoje mais investe no Brasil”, revelou, destacando que, entre 2003 e 2013, foram investidos US$ 306 bilhões, US$ 48 bilhões só no ano passado. “Em dez anos multiplicamos por seis o investimento feito pela Petrobras.”

Dilma também mencionou a mudança de patamar no lucro da estatal, ao afirmar que o lucro líquido passou de R$ 8,1 bilhões para R$ 23,6 bilhões. “Essas e outras conquistas mostram que o meu governo e o do Lula reergueram a Petrobras”, disse. “Reconstruímos seu programa de investimentos, valorizamos seu quadro de funcionários. Foi por isso que descobrimos os megacampos do pré-sal.”

FONTE: TRIBUNA DO NORTE.

Nenhum comentário: