quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

ABORDAGEM POLICIAL A ÔNIBUS QUE IA AO VELÓRIO DE RIVOTRIL GERA CONFUSÃO


Um princípio de confusão marcou o velório de Izac Heleno da Cruz, conhecido como Rivotril, na manhã desta quarta-feira (19) no bairro do Alecrim. A despedida começou às 22h de ontem e permaneceu até às 10h de hoje atraindo muitos amigos. O corpo de  Rivotril foi sepultado por volta das 11h desta quarta-feira, no Cemitério Parque da Passagem, em Extremoz. A cerimônia durou 15 minutos e contou com a presença de muitos amigos e familiares
No velório estiveram presentes muitos moradores do bairro de Mãe Luiza, na zona Leste, que discutiram com policiais após um ônibus que chegava ao velório ser abordado e seus passageiros revistados. Após a ação policial, pelo menos dois homens foram presos, causando revolta em quem estava presente na funerária. "Eles não podem proibir ninguém de ir ao velório", disse um dos presentes sobre a presença de policiais militares em frente ao local.
Rivotril morreu aos 28 anos, internado no Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel. Ele tratava de uma infecção adquirida ao ser baleado em confronto com a polícia. Atingido por três tiros, Izac foi preso, passou por dois procedimentos cirúrgicos e estava em estado gravíssimo nos últimos dias.

Nenhum comentário: