quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Sessão de posse do vice-prefeito Josafá é suspensa por força de Mandado de Segurança


O que a oposição temia terminou acontecendo, faltando dez minutos para início da sessão extraordinária que daria vacância ao cargo de prefeito de João Câmara e posterior posse do vice-prefeito Josafá Araújo, terminou não acontecendo.
O prefeito Ariosvaldo Targino entrou com dois mandados de segurança na Justiça Comum da Comarca de João Câmara, perdeu o primeiro e ganhou o segundo, com o deferimento do Juiz da Vara Civil Dr. Gustavo suspendendo a sessão extraordinária que aconteceria na tarde desta terça-feira(28).
Por volta das 15h50 minutos o oficial de Justiça chegou ao gabinete do presidente da Câmara Municipal, vereador Mestre Raimundo com a decisão do juiz, que imediatamente foi acatada pelo legislativo.
A decisão gerou insatisfações entre os partidários da situação e oposição que já ocupavam os corredores e galerias da Câmara Municipal. O vice-prefeito Josafá Araújo já estava a caminho da Câmara Municipal para tomar posse quando foi informado da decisão da Justiça. O prefeito esperava uma liminar no Superior Tribunal de Justiça – STJ, como esta não saiu apelou pela Justiça local.

Nenhum comentário: