terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Por falta de materiais, médicos param atividades em hospital de Natal


Anestesistas, obstetras e neonatologista suspenderam o atendimento no hospital Santa Catarina, localizado na zona Norte de Natal, na manhã desta terça-feira (14) por “falta de materiais básicos de trabalho”. De acordo com o Sindicato dos Médicos do Rio Grande do Norte (Sinmed), a unidade de saúde está praticamente de portas fechadas e não há previsão para o retorno das atividades.
O Sinmed informou que os profissionais solicitaram medicamentos e materiais necessários para a realização de procedimentos básicos ao Estado há mais de 15 dias e não foram atendidos. Entre esses materiais estão lap cirúrgico e de parto, que são os panos utilizados para cobrir os pacientes durante as cirurgias, além de sonar, exames laboratoriais, ultrassonografia e clamp de cordão, que é um clipe plástico que veda o cordão umbilical quando ele é cortado após o parto.

Em nota, a Secretaria Estadual de Saúde Pública (sesap) negou a paralisação das atividades e disse o que o atendimento no hospital Santa Catarina “está mantido”.

Confira a nota da Sesap na íntegra:

“Os técnicos das empresas responsáveis pela manutenção das autoclaves e do equipamento de bioquímica do Hospital Dr. José Pedro Bezerra (Santa Catarina) estão na unidade neste momento providenciando o conserto das máquinas. Os equipamentos apresentaram problemas na noite de ontem (13), quando imediatamente as empresas foram contactadas, porém não haviam dado o devido retorno até esta manhã (14). Até a manhã de hoje (14) os procedimentos de esterilização foram feitos na Maternidade Escola Januário Cicco (MEJC) e na Maternidade das Quintas. Apesar dos problemas ocorridos, os plantonistas deram continuidade aos atendimentos conforme o perfil do hospital”

Nenhum comentário: