sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Beneficiários do RN dão nota 9,3 a residências do Minha Casa, Minha Vida


Os beneficiários do Minha Casa, Minha Vida (MCMV) do Rio Grande do Norte atribuíram a nota de 9,3 à satisfação com moradias do programa. Já a média nacional foi de 8,8. O nível de satisfação foi medido por uma pesquisa do Ministério das Cidades e Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) divulgada nesta quinta-feira (14).

Segundo o Ipea, os moradores avaliaram o MCMV em uma escala de 0 a 10.  No país foram consultados apenas 7.620 domicílios financiados pelo programa, sendo 45,2% de casas e 38,6% de apartamentos. Somente no RN, 6.935 pessoas recebem o benefício.

A maior nota do país foi do estado de Mato Grosso do Sul (9,8), seguido por Maranhão (9,6), e o 9,3 do RN, Piauí, Pernambuco e Amazonas. A nota mais baixa foi dos moradores de Minas Gerais (8,0).
Os beneficiários no país disseram na pesquisa que comprometem 19,1% de sua renda com a moradia e avaliaram sua própria satisfação com notas médias para diversos critérios. Os brasileiros deram 7.9 para o custo de prestações, 8,1 para o entorno de suas residências e 8,6 para seu aumento de bem-estar. O percentual de pessoas autodeclaradas pretas ou pardas foi de 64,5%.
Confira as notas de satisfação por estado no país:

Nenhum comentário: