quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Fotógrafo da Tribuna ganha prêmio nacional

O fotógrafo Magnus Nascimento, da equipe da TRIBUNA DO NORTE, foi vencedor do 4º Prêmio Jornalistas&Cia/HSBC de Imprensa e Sustentabilidade no segmento Fotografia da categoria Mídia Nacional, com foto em matéria sobre estiagem no Rio Grande do Norte. O prêmio recebeu 732 trabalhos, de 387 jornalistas. Ao todo, 79 foram selecionados para a etapa final. Magnus comemorou o resultado, principalmente por ser um reconhecimento nacional. “Se o jornal ficasse apenas na final, já seria um prêmio porque concorremos com grandes nomes da imprensa nacional, como a Folha de São Paulo e o Estadão. Então ganhar foi o ápice de tudo isso”, comemorou
Depois de percorrer o interior e registrar de perto o sofrimento do homem do campo durante a estiagem, ele acredita que o material produzido conseguiu retratar a gravidade da situação. “Muitas vezes nós não temos a real dimensão da gravidade de um problema que, para quem está na capital, parece tão distante. Estou feliz porque conseguimos mostrar ao leitor o que realmente se passava no sertão potiguar e também porque o trabalho foi reconhecido”, disse Magnus.
A festa de premiação está marcada para o dia 13 de novembro, em São Paulo. A premiação total é de R$ 107 mil, sendo R$ 10 mil para cada ganhador nos segmentos Jornal, Revista, Rádio, Televisão, Webjornalismo e Especial Água; R$ 6 mil para os segmentos Imagem – Criação Gráfica e Imagem – Fotografia; e R$ 5 mil para os regionais Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e Sul.

Dos 732 trabalhos inscritos por 387 jornalistas de todo o Brasil, 79 foram classificados pela Comissão de Seleção para a finalíssima. Coube à Comissão de Premiação, reunida em São Paulo segunda-feira, definir os 13 vencedores e mais o ganhador do Grande Prêmio, que só será anunciado no dia 13 de novembro, durante a festa de premiação.

A repórter Sara Vasconcelos, também da TN, esteve entre os dez finalistas na categoria Mídia Nacional - Jornal, com a reportagem “RN será autossuficiente em energia limpa”. A reportagem de Sara, publicada na edição do dia 25 de agosto, no caderno especial do projeto Motores do Desenvolvimento “A Indústria e as ideias sustentáveis” tratava do potencial de energia eólica gerada no Rio Grande do Norte que atingiu, a partir de 2010, a autossuficiência energética - quando se gera o volume equivalente a quantidade de consumo.

Nenhum comentário: